Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Desvio corporativo

Funcionário da Boeing é demitido acusado de roubar informações

Por 

A Boeing Company demitiu um empregado acusado de roubar um notebook contendo informações pessoais de 382 mil funcionários e ex-empregados já aposentados. Segundo o site Findlaw, na sexta-feira (15/12), o diretor da Boeing Jim McNerney disse que os gerentes desse funcionário serão severamente repreendidos.

Trata-se do terceiro roubo de computadores, com informações corporativas, ocorrido na Boeing em 13 meses. A companhia diz que esse tipo de desvio pode ser usado para fraudes em cartões de crédito.

O laptop roubado tinha nomes completos de 382 funcionários , mais números de seguro social, endereços residenciais, números de telefones particulares e datas de nascimento.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 18 de dezembro de 2006, 14h02

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/12/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.