Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ministério da Justiça

Pertence ou Tarso Genro devem substituir Thomaz Bastos

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve decidir, nesta quinta-feira (14/12), o nome do próximo ministro da Justiça, já que Márcio Thomaz Bastos diz que vai deixar o cargo em 2007. Segundo Bastos, os dois nomes cotados para assumir a vaga são os ministros Sepúlveda Pertence, do Supremo Tribunal Federal, e Tarso Genro, de Relações Internacionais. As informações são da Agência Brasil.

Para Bastos, o grande desafio de seu substituto será consolidar a implementação do Sistema Único de Segurança Pública (Susp). Com o objetivo de planejar de forma articulada as ações de combate ao crime, estados que aderiram ao Susp instalaram gabinetes de gestão integrada. Neles, a Polícia Federal, Rodoviária Federal, Civil e Militar trabalham juntos.

Para o ministro, os resultados dessa integração têm sido positivos. “O Susp é um êxito. Ele está implantado em todos os estados e há operações interestaduais, trans-estaduais que têm dado grande resultado”, avaliou.

Pela manhã, Thomaz Bastos participou do programa Bom dia Ministro. Lembrou que ao aceitar o convite para o Ministério da Justiça a idéia era ficar apenas dois anos, mas acabou ficando quatro. "Estou chegando ao fim de quatro anos com a consciência assim 'imodesta' do dever cumprido". Ele disse que a experiência foi extremamente importante. "Gostei demais do trabalho feito à frente do ministério, nunca tinha trabalhado no serviço público".

Revista Consultor Jurídico, 14 de dezembro de 2006, 18h58

Comentários de leitores

7 comentários

A questão está mal colocada pelo Comentarista. ...

João Bosco Ferrara (Outros)

A questão está mal colocada pelo Comentarista. Será preferível indagar a partir de um juízo de gradação negativa: qual o Ministro da Justiça que foi pior do que Márcio Thomaz Bastos? Quem, na história republicana, funcionou mais como advogado do partido do Presidente e da turba por ele capitaneada para assaltar os cofres públicos sob os mais variados ardis, usando interpostas pessoas, como v.g. os Marcos Valérios e os Dudas Mendonças da vida, concedendo-lhes consulta para burlarem a lei sem sofrer as conseqüências jurídicas? E qual, entres os muitos Ministros da Justiça que teve o Brasil, traiu tão acintosamente os advogados, classe a que costumam pertencer?

Se a inveja mata, perguntar não ofende: Qual...

Comentarista (Outros)

Se a inveja mata, perguntar não ofende: Qual Ministro da Justiça, na história republicana, foi melhor ou mais atuante que Márcio Thomaz Bastos? Obs.: Os nomes, por favor!

Puxa, um dos maiores Ministros da Justiça da hi...

Luiz Augusto Mendes (Delegado de Polícia Estadual)

Puxa, um dos maiores Ministros da Justiça da história republicana! Só se for da República Sindicalista Petralha! O Ministro não passou de um AGU.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 22/12/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.