Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Dose dupla

Bispa Sônia e marido sofrem duas derrotas na Justiça

Por 

O casal que comanda a Igreja Apostólica Renascer em Cristo sofreu duas derrotas, na terça-feira (12/12). A primeira aconteceu em Brasília. A ministra Laurita Vaz, da Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça, negou liminar em pedido de Habeas Corpus impetrado pelo advogado Luiz Flávio Borges D’Urso em favor do apóstolo Estevam Hernandes Filho e de sua mulher, bispa Sônia Haddad Morais. Eles pediram a suspensão da acão penal.

A segunda derrota teve como palco o Tribunal de Justiça de São Paulo. O desembargador Ubiratan Arruda, da 9ª Câmara Criminal, também negou liminar, em Habeas Corpus, e frustrou os planos da defesa que pretendia suspender a custódia provisória dos acusados.

O apóstolo e a bispa foram denunciados pelo Ministério Público e agora respondem ação penal. Além disso, tiveram a prisão preventiva decretada por terem faltado à audiência de oitiva das testemunhas de acusação.

Um terceiro Habeas Corpus aguarda julgamento no STJ. Esse foi protocolado contra decisão do Tribunal Regional Federal da 3ª Região. Nessa Corte, o casal responde por crime contra a ordem tributária e econômica e relações de consumo. O caso foi distribuído para o ministro Felix Fischer, da Quinta Turma, que na segunda-feira (11/12) pediu informações ao TRF-3.

Estevam e Sônia respondem a processo pelos crimes de lavagem de dinheiro, estelionato e falsidade ideológica. O desembargador pediu informações ao juiz da 1ª Vara Criminal da Capital sobre relatório médico apresentado pelo apóstolo e sua mulher como justificativa para terem faltado a audiência.

Na quarta-feira (29/11), D’Urso entrou com pedido de revogação da prisão, na 9ª Câmara Criminal do TJ-SP. A defesa alegou que eles sofrem constrangimento ilegal por parte do juiz Paulo Afonso Rossi, da 1ª Vara Criminal da Capital. O advogado argumentou, ainda, que o casal não compareceu ao depoimento das testemunhas por problemas de saúde e anexou atestados médicos ao pedido.

O desembargador entendeu ser mais prudente só se manifestar sobre o caso depois das informações prestadas pelo juiz acusado de coagir os réus. No Habeas Corpus, a defesa pediu liminar.

Em setembro, o mesmo juiz recebeu a denúncia contra o casal e mais dois colaboradores da Igreja Renascer – o bispo Antônio Carlos Ayres Abbud e seu irmão, Ricardo Abbud. No mesmo despacho, ele determinou o bloqueio de cerca de R$ 46 milhões e outros bens dos réus.

O juiz proibiu a movimentação de oito contas bancárias das empresas Colégio Gamaliel e Publicações Gamaliel — abertas em nome do casal Hernandes e cuja movimentação registrada entre 2000 e 2003 apontou um montante de R$ 46,4 milhões.

Ele determinou, ainda, o bloqueio da mansão de Estevam Hernandes em Boca Ratón, no litoral da Flórida avaliada em US$ 465 mil, uma fazenda de 45 hectares em Mairinque, a 70 km de São Paulo, comprada pela Igreja em 2001 por R$ 1,8 milhão e outra área rural, localizada em São Roque.

Um levantamento na Justiça de São Paulo e Brasília aponta que a Fundação Renascer e suas empresas respondem a cerca de 110 processos. Nesses casos, elas são cobradas a devolver aproximadamente R$ 12 milhões.

A ação proposta contra os quatro acusados foi assinada pelo promotor Marcelo Mendroni. Já o pedido de prisão, por causa do não comparecimento do casal à oitiva, é dos promotores Arthur Lemos, Eder Segura, Roberto Porto e José Reinaldo Carneiro.

Estevam e Sônia chegaram a ser ouvidos pela Justiça, em setembro. Ele confirmou ser dono de várias empresas e disse que todas estão registradas com endereço da sede social da igreja.

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 13 de dezembro de 2006, 10h44

Comentários de leitores

57 comentários

caro acedemico futuro Dr. Campos vc. está come...

advogado curioso (Advogado Autônomo)

caro acedemico futuro Dr. Campos vc. está começando certo, sonegação fiscal é crime, mas advogar em alto escalão, não é advogar e sim ser amigo dos figurões, eles são os bandidos, vc já viu um bicheiro pobre, um desembargador pobre e um politico competente pobre (Maluf/Pita/Quercia/ Genoino/ Lulinha etc etc então continue, pois o Maluf, os bispos já estão na malha americana, aqui no Brasil, faz-me rir rsss.....rsss.... nunca, pois os desembargadores em São Paulo e Brasilia são amigo dos homens, DUVIDA ? veja as decisões o senador dono do clube de Brasilia. ou seja o Gama, esqueci o nome agora, depois eu lembro, o crime dele somente não caiu em prescrição por 10 (dez) minutos, sabem porque? ele não pagou o combinado, senão estaria prescrito, ou vcs. já viram interromper prescrição por causa de 10 minutos, consultem a internet e vejam os julgadores (desembargadores) e vejam os advogados

Analisando os antecedentes do casal, o que vemo...

Campos (Estudante de Direito)

Analisando os antecedentes do casal, o que vemos? enriquecimento rápido, exploração da crendice pública, negligência em relação a compromissos firmados com diversas pessoas (comércio), haja vista compromissos firmados em nome da "Renascer". Penso que é melhor que respondam em solo americano às falcatruas que estão cometendo. Justiça é justiça doa a quem doer. (Moisés de Campos Ferreira - acadêmico de Direito)

Meu caro Ricardo: SALVE MARIA! (A Mãe do m...

Richard Smith (Consultor)

Meu caro Ricardo: SALVE MARIA! (A Mãe do meu Senhor!) Como já mencionei lá atrás, Maria proclamou no "Magnificat": "Doravante TODAS as gerações me chamarão de bem-aventurada!" A sua geração faz isso? Segundo, como está no Apocalipse, existe oposição entre a "Mulher vestida de sol com a lua sob os pés e com uma côroa de 12 estrelas sobre a cabeça" (Ap.12, 1) e o Dragão que a persegue, ao seu Filho e aos seus filhos "que obedecem aos mandamentos de Deus e mantém o testemunho de Jesus" (Ap. 12, 17) Então, não se preocupe, pois de Nossa Senhora (sua também, não esqueça!) o Maligno quer boa distância! Terceiro, e apenas para o seu conhecimento (embora eu creia que não vai adiantar nada) o culto que se presta a Deus Uno e Trino e de forma EXCLUSIVA, chama-se tecnicamente de LATRIA. Daí o termo IDO LATRIA que é atribuir a pessoas e coisas (ídolos) criadas por Deus, dignidade devida somente a ELE. O culto que se presta aos Santos, pessoas humanas criadas por Deus e que aqui na terra se esvaziaram de si mesmos, para que a Graça os penetrasse de forma excepcional, heróica, e que, agora no Céu são AMIGOS de Deus, que os acolhe com especial amor, chama-se DULÍA! À doce e santissima Mãe de Nosso Senhor Jesus Cristo, Maria, ser humano inigualável posto que concebida sem o Pecado Original e os seus terríveis efeitos e também em função de todos os méritos de Jesus, se presta culto de HIPER-DULIA. Nada de "divindade", viu amigo mané? Somente homenagem àquela "Cheia de Graça", que com o seu humilde e completo SIM a Deus, possibilitou a Encarnação e a Redenção de todos nós. Simples assim. E você? Já consultou aquele site que eu te recomendei (www.monfort.com.br)? Não? É porisso que você ainda está dizendo bobagens. Maria sempre foi reverenciada com filial amor, por todos os cristãos, desde os primórdios da Igreja, sendo que a primeira igreja a ela consagrada que se conheçe, data do século II, viu mané? Então os cristãos estão "errados" e "idolatrando" há já 2 mil anos enquanto que vocês protestantes estão "certos"? Ahán. Ou será que vocês, involuntariamente e por soberba, não estão fazendo o jogo do "Inimigo do homem", do "Homicida desde o princípio", como o seu pai Lutero? Passar bem. "E TODAS AS GERAÇÕES ME CHAMARÃO DE BEM-AVENTURADA". Amém!

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 21/12/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.