Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Medo civil

Antidepressivos nos EUA terão alerta contra risco de suicídio

Por 

Anti-depressivos destinados a pós-adolescentes nos Estados Unidos devem conter a indicação de que podem levar ao suicídio. A decisão é da FDA (Food and Drug Administration), a agência reguladora de medicamentos dos EUA, precavida contra as mais que prováveis ações de indenizações que a falta de advertência poderia provocar. O público alvo desse tipo de alerta é a população de até 24 anos. As informações são do site FindLaw.

A FDA vai recomendar ainda que as embalagens devem conter informações de que as pessoas que tomam tais medicamentos devem “ser cuidadosamente monitoradas, especialmente quando se submetem a tratamentos anti-depressivos”.

A medida foi adotada depois que estudo mostraram que o uso dessas drogas podem aumentar a ocorrência de idéias suicidas entre jovens de 18 a 24 anos de idade. O estudo foi feito com 372 análises em 100 mil pacientes usuários de 11 anti-depressivos, como por exemplo Lexapro, Zoloft, Prozac e Paxil.

Só no ano passado foram emitidas 190 milhões de receitas para anti-depressivos nos EUA.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 13 de dezembro de 2006, 21h35

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/12/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.