Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Licitações de remédios

Fraude em licitações de remédios faz PF deflagrar operação

A Polícia Federal deflagrou, nesta quarta-feira (6/12), a Operação Câmbio Livre para desmantelar uma organização criminosa que fraudava licitações de medicamentos e fazia comércio ilegal de moeda estrangeira e evasão de divisas. Cerca de cem policiais federais cumprem mandados de prisão temporária e de busca e apreensão em Belo Horizonte, São Paulo e Toledo, no Paraná.

Depois de seis meses de investigação, a Polícia chegou a um grupo formado por empresários de laboratórios farmacêuticos, representantes comerciais de medicamentos e doleiros. Com a ajuda de servidores, os integrantes do grupo combinavam os preços antes de apresentar a proposta nos processo de licitação, abertos por órgãos públicos, para a compra de remédios. Os participantes do esquema já sabiam qual empresa seria a vencedora da licitação, acabando com a livre concorrência entre fornecedores.

Segundo a PF, paralelamente a essas fraudes, funcionava o esquema de comércio ilegal de moeda estrangeira e evasão de divisas. Duas grandes casas de câmbio de Belo Horizonte estavam envolvidas, conforme as investigações. Cerca de R$ 1,5 milhão foram enviados ou trazidos do exterior por meio de contas bancárias nos Estados Unidos e contas abertas em nome de laranjas no Brasil. Durante o período de investigação, as duas casas de câmbio fizeram mais de 3 mil operações com moeda estrangeira.

Revista Consultor Jurídico, 6 de dezembro de 2006, 16h26

Comentários de leitores

2 comentários

Quantos estão presos mesmo?

Bira (Industrial)

Quantos estão presos mesmo?

...P.F. a última ratio. nossa esperança.

Robespierre (Outros)

...P.F. a última ratio. nossa esperança.

Comentários encerrados em 14/12/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.