Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Em revista

Militar americano é condenado por estupro nas Filipinas

Por 

Um fuzileiro naval americano foi condenado nesta segunda-feira (4/11) a 40 anos de prisão, em Manila, Filipinas, sob acusação de estupro. O julgamento, segundo o site Findlaw, é um marco, porque quebrar um tabu sobre acusações de estupro contra militares nos Estados Unidos.

Abusos cometidos por membros do Exército dos EUA raramente têm esse tipo de exposição. O caso é visto nos meios jurídicos americanos como uma versão real das dificuldades neste tipo de julgamento, expostas por Hollywod em filmes como "A filha do general", com John Travolta, e "Questão de Honra", com Jack Nicholson.

Uma mulher filipina, conhecida no processo sob o pseudônimo de Nicole, acusou o fuzileiro naval Daniel Smith de tê-la "assaltado sexualmente", quando ela estava bêbada, em 1º de novembro passado. Segundo ela, o fuzileiro naval, que tem 21 anos de idade e mora em Saint Louis, Missouri, teria recebido cobertura do sargento. Chad Carpentier, e dos coronéis Keith Silkwood e Dominic Duplantis. Os três foram inocentados das acusações.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 5 de dezembro de 2006, 12h53

Comentários de leitores

2 comentários

E, professor, quando Fidel Castro libertará os ...

Roland Freisler (Advogado Autônomo)

E, professor, quando Fidel Castro libertará os seus presos políticos???

São as "ferramentas" da democracia yankee, que ...

Armando do Prado (Professor)

São as "ferramentas" da democracia yankee, que tantos vendidos querem para Pindorama. Aliás, quando vão liberar Guantánamo, Iraque, Afeganistão, etc?

Comentários encerrados em 13/12/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.