Consultor Jurídico

Notícias

Disputa em risco

Promotor Fernando Capez tem candidatura rejeitada pelo TRE-SP

Comentários de leitores

10 comentários

Independente do mérito da questão eleitoral sob...

cfwt (Estagiário - Civil)

Independente do mérito da questão eleitoral sobre poder ou não se candidatar, é claro que pelo brilhantismo profissional e por sua postura até o momento, o promotor Fernando Capez seria sem dúvida, digno do nosso voto, porém, no meu modesto entendimento, o país ganharia muito mais se ele continuasse com sua ilibada atuação no âmbito judiciário, já que sabidamente, no legislativo e no executivo não há um único político que nos inspire confiança e que verdadeiramente esteja minimamente comprometido com o bem estar social.

Acho que qualquer pessoa preocupada com moralid...

Casteglione (Serventuário)

Acho que qualquer pessoa preocupada com moralidade, probidade e com a desejável lisura dentro das atribuições desejadas ao homem público não se filiaria ao PSDB.

O Ministério Público cada vez mais se afirma co...

Torre de Vigia (Outros)

O Ministério Público cada vez mais se afirma como apêndice do Executivo, sem legitimidade para utilizar os instrumentos legais de controle de probidade administrativa e de persecução criminal, de forma ISENTA, na medida em que temos promotores estaduais no INSS, autarquias, na Secretaria Municipal Jurídica, Secretaria Estadual de Segurança Pública, etc. O crime vai tomando conta de São Paulo, enquanto os funcionários públicos encarregados da tutela penal estão espalhados por aí, cuidando dos seus umbigos. A vida política deve ser boa para promotores fugirem da sua atividade para a qual prestaram concurso. Agora se entende porque alguns buscam ser vedetes na TV ou fazendo bobagens para aparecer. Vão trabalhar!

Senhores, sem entrar no mérito se o Promotor te...

Kurt Cobain (Estudante de Direito)

Senhores, sem entrar no mérito se o Promotor tem ou não o direito adquirido, eu votaria nele sim!!! Oxalá que nossos candidatos inspirassem alguma honestidade e caráter como o Sr Fernando Capez inspira.

Caro Alexandre, Inicialmente, estou corretam...

glauco (Advogado Autônomo - Criminal)

Caro Alexandre, Inicialmente, estou corretamente identificado junto ao periodico para comentários, por outro lado,não fiz qualquer obste a candidatura do Dr.Capez, apenas solicitei a "velhinha de taubaté" respeito aos advogados, uma vez que, a condição de Promotor de Justiça não coloca o Dr.Capez acima da Lei para registro de sua candidatura. E certo é, Dr.Capez, não terá meu voto, e o seu? Gláuco Aires

Velhinha de Taubate... Glauco... ??? Volto a c...

Alexandre Cadeu Bernardes (Advogado Sócio de Escritório)

Velhinha de Taubate... Glauco... ??? Volto a chamar a atenção deste periódico jurídico, o melhor do País, que é necessário que os comentaristas tenham sua identificação divulgada junto a seus comentários. Veja o caso desta matéria: Os advogados foram jogados na vala comum dos mensalistas e o Dr. Capez passa a ser questionado apenas por ser candidato a deputado estadual e, pasme-se, não sabemos que são os autores do comento. Portanto, devemos lembrar que "é livre a expressão de pensamento, vedado o anonimato".

Só lamento que integrantes do Ministério Públic...

Matheus Couto (Advogado Autônomo)

Só lamento que integrantes do Ministério Público utilizem essa admirável instituição para auto-promoção, afastando o nobre objetivo de cuidar da sociedade.

Engraçado. A reportagem se refere a um membro ...

Ivan Dario (Advogado Sócio de Escritório)

Engraçado. A reportagem se refere a um membro do ministério público que teve sua candidatura rejeitada e vem uma balzaquiana interiorana pregar vedação à candidatura política de advogados. Pois bem, proibam os advogados de apresentarem suas candidaturas. Entretanto, lembro ao gênio plantonista que, após a EC 45, a quem pretenda prestar concurso para carreiras do MP e Magistratura deve, obrigatoriamente, apresentar três anos de prática jurídica. Em que pese não haja definição legal para tal atividade, adivinhem qual mais se afeiçoa, conforme entendimento das duas Instituições supracitadas, como apta à comprovação de prática jurídica? Melhor responder: advocacia. E quem a exerce, de maneira exclusiva? Melhor responder: o Advogado. Concluindo o entinema: para ser Juiz Ou Promotor é necessário, a priori, advogar e para tanto é imprescindível ser advogado. Que coisa não?!

Cara velhinha, Em primeiro lugar, não se tem...

glauco (Advogado Autônomo - Criminal)

Cara velhinha, Em primeiro lugar, não se tem um digno advogado mensalista, e sim mais um deputado corrupto. Respeito com os advogados. Quanto ao Sr.Capez, independentemente, do seu desempenho como promotor de justiça, sempre oportuno lembrar que como outros também não esta acima da Lei. Se há direito, certamente os magistrados eleitorais confirmarão sua candidatura. Mas de qualquer jeito, o nobre candidato não terá meu voto.

por enquanto, ah, ah, ah, ah!

Armando do Prado (Professor)

por enquanto, ah, ah, ah, ah!

Comentar

Comentários encerrados em 30/08/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.