Consultor Jurídico

Notícias

Operação Cerol

Delegado da PF exclui nome das investigações da Operação Cerol

Comentários de leitores

4 comentários

Infelizmente parece que, nos dias de hoje, não ...

Orsomarzo (Outros - Criminal)

Infelizmente parece que, nos dias de hoje, não há lugar para pessoas honradas como o Dr. Marcelo. Minha total solidariedade ao amigo contra os "juizes da midia", esses sim, pessoas sem escrupulos que não se pejam em difamar pelo simples "ouvir dizer".

P.S. Desculpem a falha: "taxados" ao invés de t...

olhovivo (Outros)

P.S. Desculpem a falha: "taxados" ao invés de tachados.

O pior Olho Vivo é que as investigações eram si...

Rossi Vieira (Advogado Autônomo - Criminal)

O pior Olho Vivo é que as investigações eram sigilosas. Isso ninguém explica. Minha solidariedade ao ex Secretário Marcelo Itagiba, pessoa a qual tive a honra de trabalhar quando agente secreto numa multinacional norte-americana.. É criatura séria e imaculada. Otávio Augusto Rossi Vieira, 39 advogado criminal em São Paulo

Parece-me que a imprensa, desta vez, limitou-se...

olhovivo (Outros)

Parece-me que a imprensa, desta vez, limitou-se a divulgar informações extraídas de autoridades, que falaram demais e antes da hora. Seria, então, o caso de se ingressar contra a União, e não contra a mídia. Alguns operadores do direito, incluindo-se aqui juízes, para infelicidade daqueles que repudiam a agressão à honra alheia, atuam de forma atabalhoada e irresponsável, o que acaba gerando danos a terceiros. Isso já ocorreu na famigerada operação anaconda, em que os juízes Mazloum e um delegado, foram taxados indevidamente de criminosos. Até quando vão persistir as agressões aos direitos alheios, por aqueles que a Constituição atribuiu velar por eles?

Comentar

Comentários encerrados em 10/08/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.