Consultor Jurídico

Artigos

Direito da nação

É um dever moral do Supremo julgar logo o mensalão

Comentários de leitores

4 comentários

O "dever moral" do STF é cumprir a CF e respeit...

Comentarista (Outros)

O "dever moral" do STF é cumprir a CF e respeitar os prazos processuais nela previstos. No mais, é filosofar demais achar que a "nação" está ansiosa em saber o resultado do referido julgamento, quanto todos sabemos que a CPI terminou por um só motivo, ou seja: a falta de interesse das pessoas, que simplesmente não querem mais perder os seus tempos com os jogos politiqueiros patrocinados pelas CPIs. E o resto é retórica e palanque político de uma oposição desesperada e que tem seu maior "trunfo" eleitoral num picolézinho de chuchu. Desse jeito vai ser fácil e barato, pois certamente não haverá segundo turno!

Há um açodamento da oposição e de setores da mí...

Embira (Advogado Autônomo - Civil)

Há um açodamento da oposição e de setores da mídia em “julgar logo” a “quadrilha” responsável pelo mensalão, para que seja “lavada a alma nacional”. Oportuno que se lembre, então, que essa denúncia contra os “quarenta quadrilheiros” foi feita a quatro mãos pela PGR e a própria oposição. Sua excelência declarou, “en passant”, que havia, sim, outros implicados, mas, eles seriam denunciados em outro inquérito. Não sei se existe inquérito de primeira e de segunda classe, mas, certamente “os outros”, que serão denunciados em inquérito apartado, não serão adjetivados de quadrilheiros. Quem são eles? Para quem não acompanhou, o chamado mensalão foi criado em 1988, em Belo Horizonte, quando foram candidatos ao Governo do Estado Eduardo Azeredo (PSDB) e Clésio Andrade (FFL), este último, aliás, sócio de Marcos Valério na agência de publicidade SPMB. Se a nação quer pressa no julgamento, por que não começar pela ordem, julgando primeiro os infratores mais antigos? Vejam bem, eu disse infratores e não quadrilheiros.

Alem dos aspectos criminas do caso, deveria a O...

Carlos Sergio de Melo Cornwall (Advogado Autônomo - Consumidor)

Alem dos aspectos criminas do caso, deveria a OAB questionar a validade das leis votadas no período em que existiu o mensalão. É uma boa oportunidade para mover o respecitivo processo no STF,afinal se uma lei nasce viciada, ela fará coisa julgada ?

Uma denúncia contra 40 pessoas torna impossível...

olhovivo (Outros)

Uma denúncia contra 40 pessoas torna impossível a conclusão do possível processo num prazo razoável. Deveria ter sido desmembrada e oferecida no STF apenas contra os deputados, enquanto aos demais remetida para o processo na Justiça de 1ª instância. Bastaria aplicar-se os precedentes do próprio STF (HC 70581, HC 69326 e Inq. 559).

Comentar

Comentários encerrados em 3/05/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.