Consultor Jurídico

Deputado cassado

Roberto Jefferson tenta anular cassação no Supremo

O ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ), que foi cassado pelo plenário da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (14/9), entrou com Mandado de Segurança no Supremo Tribunal Federal, com pedido de liminar, para suspender a cassação. Jefferson perdeu seu mandado por 313 votos a 156 por quebra de decoro parlamentar. O relator do Mandado de Segurança é o ministro Celso de Mello. As informações são da Agência Estado.

No mandado, os advogados do ex-deputado, Luiz Francisco Corrêa Barbosa e Itapuã Prestes de Messias, alegam que Jefferson não teve direito à ampla defesa e ao contraditório. Segundo Barbosa, uma das testemunhas da defesa, o vice-presidente do PP Benedito Domingos, não compareceu, justificou a ausência, mas não foi ouvido em outra ocasião.

Além disso, os advogados afirmam que o presidente do PL, ex-deputado Waldemar Costa Neto, que é o autor da representação contra Jefferson no Conselho de Ética da Câmara, teria admitido a existência do mensalão. Jefferson foi cassado também porque não conseguiu provar as denúncias sobre o esquema de compra de parlamentares. Segundo a defesa dele, a declaração de Costa Neto foi suprimida do relatório final.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 15 de setembro de 2005, 18h09

Comentários de leitores

3 comentários

Concordo plenamente, Sidnei! Essa Câmara nã...

Priscila -JFSP (Outros)

Concordo plenamente, Sidnei! Essa Câmara não tem mesmo vergonha na cara.... Eu sou defensora do Jejjerson sim, não das antigas atitudes dele (pois, inclusive, sou a favor de que ele devolva todo esse dinheiro aos cofres públicos....) mas sim dessa corajosa atitude atual.... Afinal de contas, as pessoas podem melhorar, mudar e decidir fazer as coisas certas em suas vidas, e merecem o devido reconhecimento por isso... No caso dele, no mínimo, seria a não-cassassão, como uma recompensa por ele ter denunciado tudo!!! Correndo o risco até de morrer, como o Celso Daniel.....mas enfim, como nesse País tem muita gente ignorante, fica difícil fazer disso aqui um lugar sério....

Concordo plenamente! Essa Câmara não tem me...

Priscila -JFSP (Outros)

Concordo plenamente! Essa Câmara não tem mesmo vergonha na cara.... Eu sou defensora do Jejjerson sim, não das antigas atitudes dele (pois, inclusive, sou a favor de que ele devolva todo esse dinheiro aos cofres públicos....) mas sim dessa corajosa atitude atual.... Afinal de contas, as pessoas podem melhorar, mudar e decidir fazer as coisas certas em suas vidas, e merecem o devido reconhecimento por isso... No caso dele, no mínimo, seria a não-cassassão, como uma recompensa por ele ter denunciado tudo!!! Correndo o risco até de morrer, como o Celso Daniel.....mas enfim, como nesse País tem muita gente ignorante, fica difícil fazer disso aqui um lugar sério....

O mais honesto dos nossos parlamentares foi cas...

Sidnei Camargo Marinucci (Advogado Autônomo)

O mais honesto dos nossos parlamentares foi cassado, agora não sei o que será do nosso Povo. Como advogado, não sei como o nobre Deputado Roberto Jefferson não pediu recibo do mensalão, aplicando "in casu" aquele velho chavão: "Quem paga mal, paga duas vezes", ora com o mandato. O que será do povo brasileiro sem as denúncias dele?

Comentários encerrados em 23/09/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.