Consultor Jurídico

Protegido pela Justiça

Delúbio consegue liminar para não ser expulso do PT

O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares não pode ser expulso do partido. A 23ª Vara Cível de São Paulo concedeu liminar para impedir o julgamento do relatório da Comissão de Ética petista que pede a expulsão de Delúbio. Ele alegou que problemas no processo estariam comprometendo a sua defesa. As informações são da Agência Estado.

A reunião do Diretório Nacional do PT começou na manhã deste domingo (4/9). O partido deve recorrer da liminar mas, segundo o ex-coordenador da Comissão de Ética do PT, Danilo de Camargo, isso deve ocorrer só depois do final de semana.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 4 de setembro de 2005, 10h58

Comentários de leitores

3 comentários

O partido não consegue, internamente, responsab...

JPLima (Outro)

O partido não consegue, internamente, responsabilizar ninguém pelos erros cometidos. O PT se realmente quisesse oferecer respostas enérgicas à sociedade ja deveria ter punido os responsáveis. Agora coitadinhos são todos inocente. Então eu que votei no PT, e estou arrependido, digo o seguinte: O Lula, toda cúpula do PT e o senhor Delúbio, são todos IGUAIS. Até que o PT diga o contrário. O PT merece o Delúbio, O Delúbio merece o PT, formam um bando perfeito.

Parece que o próprio Judiciário não deseja cont...

LIMA (Serventuário)

Parece que o próprio Judiciário não deseja contribuir com a moralização do PT. Se o fundamento da decisão foi o direito ao contraditório e a ampla defesa, olvidou-se, no entanto, que a decisão do partido seria política, acoimada da discricionariedade que deve ser inerente às decisões das corporações partidárias. Reserve-se o contraditório e a ampla defesa à esfera Judicial e Administrativa. Proteja-se os esforços de um Partido que, apesar dos equívocos, busca oferecer respostas enérgicas à sociedade, a fim de recuperar a sua abalada credibilidade.

Justiça correta. O PT e o Senhor Delúbio se mer...

JPLima (Outro)

Justiça correta. O PT e o Senhor Delúbio se merecem. Um é a cara do outro.

Comentários encerrados em 12/09/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.