Consultor Jurídico

Notícias

Morte em Bertioga

Procuradores mais antigos defenderam promotor que matou jovem

Comentários de leitores

9 comentários

Moro em Manhattan e hoje conversando com minha ...

corder (Outros)

Moro em Manhattan e hoje conversando com minha ex-esposa ao telelefone, ela me comentou sobre o caso em pauta. Por pura curiosidade, apenas isso, resolvi ler a materia publicada neste site, bem como, seus respectivos comentarios. Well, gostaria agora de de fazer o meu pequeno comentario: " como deve ser duro morar ai !!! "

Por que expulsar o tal promotor? - primeiro po...

Claro (Outros)

Por que expulsar o tal promotor? - primeiro porque não tem preparo psicológico para este tipo de cargo, se tivesse não passaria as 4 hs da madrugada com a namorada desfilando no meio de um grupo de homens. - segundo porque só passou ali no meio do grupo porque estava armado, se não estivesse armado, passaria bem longe dalí, e se ouvisse mesmo de longe alguem assobiando para sua namorada, fingia ser surdo. - terceiro porque a sociedade não aceita mais este tipo de gente, principalmente no setor da "jUsTiÇa". - querem mais , porque ele continuou a atirar em ser humano no chão. - com que qualificação pode este promotor acusar alguem... - e mais ainda, .... descupem não ha mais espaço ...... obrigado

Mas porque expulsar e punir este promotor se ne...

Lu2007 (Advogado Autônomo)

Mas porque expulsar e punir este promotor se nem houve condenação ??? A mídia precisa tomar cuidado ao lidar com casos assim. Eu não consigo imaginar que este promotor ( cujo concurso público é difícilimo) tenha atirado sem nenhum motivo. Alguma coisa aconteceu ( mas eu desconheço o caso ou detalhes). A única coisa que não se pode fazer é punir este promotor se ainda não houve condenação. Eu não acho que devam punir alguém tirando o trabalho deste alguém. O que tem uma coisa a ver com outra? Ele ainda não foi julgado nem condenado!! E o Dr. Pedro Franco é uma excelente pessoa, eu o conheço pessoalmente, foi meu professor, ajudou-me muito na época de faculdade, era sempre solícito com os estudantes! É uma pessoa a quem admiro muito!!!

Como disse o comentarista que me antecede, se o...

Francisco C Pinheiro Rodrigues (Advogado Autônomo)

Como disse o comentarista que me antecede, se o promotor for absolvido pelo juri, principalmente por expressiva votação, o MP terá cometido uma injustiça, cedido à pressão da mídia. O fato de haver disparado inúmeros tiros pode significar duas coisas: que se defendia de vários agressores, ou que era desatinado e tolo, pois estaria, apenas se exibindo frente à namorada, jogando fora um belo futuro, em prestigiosa carreira. Acho pouco provável esta última hipótese porque o ingresso no MP supõe estudo persistente e exame psicotécnico. É preciso, também, verificar se o demitido desempenhava bem suas funções. Se não havia queixa contra seu desempenho e a dispensa deveu-se exclusivamente ao homicídio, não é impossível que, absolvido pelo tribunal do júri, ele questione na justiça o seu possível retorno, com base no princípio constitucional de presunção de inocência.

Não vi nenhum "estudante de Direito" comentar a...

Daniel (Estudante de Direito)

Não vi nenhum "estudante de Direito" comentar aqui!!! Se são realmente estudantes, talvez seua comentários sejam um reflexo do ensino jurídico nas Instituições brasileiras. Esquecem não somente da presunção de inocência, mas principalmente, sequer são capazes de observarem com um olhar crítico e um tanto reservado, certas questões que, como sabemos, são jogadas pela mídia e por certos empresários morais. Pela nova trilha, defendida por estes, o promotor é culpado. Sem que antes seja verificado, em concreto, se culpado ou não. Esquecem, da verificação do comportamento dos outros agentes. Como se pelo fato de o promotor ter utilizado de uma arma fosse o suficiente para afastar uma defesa legítima, ou mais para frente, a sua culpabilidade. Por fim, para os novos estudantes (futuros juízes, promotores, delegados e pior ainda, professores de Cursos de Direito) a teoria do delito, os princípios e cia, FORAM PARA O ESPAÇO.

Com o comentário dos colegas se percebe que a p...

Rodrigo de Sá Duarte (Advogado Assalariado - Civil)

Com o comentário dos colegas se percebe que a presunção de inocência foi "pras cucuias". E se o sujeito for absolvido por legitima defesa? Vão reintegra-lo nos quadros do MP???

Promotores e juízes não podem ter porte de arma...

Nado (Advogado Autônomo)

Promotores e juízes não podem ter porte de arma só porque são agentes essenciais à administração de justiça. A aprovação em concurso para a carreira não garante nenhuma maturidade para o porte de armas. Por essas assim e por outras, inclusive por algumas decisões equivocadíssimas ante ao que é do total humano, já passou da hora das faculdades e dos concursos ligados às carreiras jurídicas exigirem conhecimentos e abordagens dinâmicas e práticas tanto de Psicologia como exigem de Direito.

Sou estagiário do MP/PR, tenho o grande sonho d...

Ze ninguem (Vendedor)

Sou estagiário do MP/PR, tenho o grande sonho de ser membro desta grande entidade, mas ver esse tipo de postura de pessoas que comandam o órgão em SP, mas do que lamentável, me entristece.

o CORPORATIVISMO está presente até mesmo em uma...

Comentarista123 (Outros)

o CORPORATIVISMO está presente até mesmo em uma instituição tão respeitada, e que tem como obrigação ser fiscal da lei, como é o caso do Ministério Público. Como vemos é difícil até para o MP cortar a própria carne. Resta-nos saber se haverá empenho do promotor responsável pela acusação em colocar esse Thales Schoedl na cadeia.

Comentar

Comentários encerrados em 10/09/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.