Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Chance de voar

Transbrasil entra com pedido de recuperação judicial

Por 

 

 

 

À época, a empresa disputava o mercado da aviação civil com outras 11 (onze) transportadoras aéreas de passageiros e cargas.

 

 

 

Em virtude da excelência e da qualidade dos seus serviços, a empresa evolui rapidamente, aumentando o número de aeronaves, de empregados e de locais em que presta serviços de transportes aéreos.

 

 

 

Em 1968 a empresa abriu o seu capital social e distribuiu ações entre os seus funcionários.

 

 

O nome atual da empresa, “Transbrasil S/A Linhas Aéreas”, foi incorporado em 1972.

 

 

 

Em 1978 a empresa se tornou a maior operadora de jatos Boing 727 da América do Sul, recebendo inúmeros prêmios.

 

 

 

Em 1983 a empresa foi a primeira a receber o Boeing 767-200 no hemisfério sul, iniciando serviços charters para Orlando, Flórida (EUA).

 

Em 1986, a empresa passou a operar com aeronaves Boeing 737-300 e dos 737-400.

 

 

Em junho de 1990, a empresa passou a oferecer vôos diários partindo de São Paulo e do Rio de Janeiro para Miami (EUA) e Orlando (EUA). Em agosto do ano seguinte, a empresa inaugurou 02 (duas) freqüências semanais entre Rio - São Paulo - Brasília sem escalas para Washington (EUA). E a partir de junho do mesmo ano a companhia recebeu outras 03 (três) aeronaves Boeing 767-300 ER para realizar seus vôos internacionais.

 

 

 

Ainda na mesma década a empresa passou a operar 06 (seis) freqüências para Washington (EUA) e inaugurou serviços para Nova Iorque (EUA) — para onde passou a oferecer vôos diários sendo 04 (quatro) via Miami (EUA) e 3 (três) via Washington (EUA).

 

 

 

No ano seguinte a empresa recebeu autorização para iniciar serviços para Buenos Aires e Viena.

 

 

 

Em 1992 a empresa aumentou sua participação na Ponte Aérea Rio-São Paulo de 7% (sete por cento) para 20% (vinte por cento), gerando receitas adicionais de US$ 25 milhões.

 

 

 

Em junho de 1995, a empresa passou a servir Amsterdã em conjunto com Viena, ligando estas cidades à Fortaleza, Rio de Janeiro e São Paulo. Com mais esta rota pioneira, a companhia deu sua contribuição para o desenvolvimento turístico/econômico da região nordeste do Brasil.

 

 

 

Em 2001, a empresa dispunha de vôos para mais de 30 (trinta) destinos no território brasileiro, 4 (quatro) destinos em território americano (EUA) e 4 (quatro) destinos na Europa.

 

 

 

A bandeira da TRANSBRASIL, nesse contexto, tornou-se conhecida não só nacionalmente, mas, também, no âmbito internacional — com vôos para diversos lugares do Brasil e do Mundo. Não se pode olvidar, ainda, que a excelência da prestação dos serviços de manutenção também contribuíram para tal imagem.

 

 

 

Essa posição no mercado, o caráter pioneiro das suas atividades, aliado à excelência dos serviços, conquistou a simpatia de seus clientes em todo o País e no Mundo, sendo certo que esse cenário manteve-se estável até a presente data a despeito da crise enfrentada pela empresa, conforme será exposto a seguir.

 

 

Por tudo o que foi exposto, a TRANSBRASIL, ainda hoje, é empresa que preservou sua imagem e tradição no mercado da aviação civil nacional e internacional.

Leonardo Fuhrmann é repórter da revista Consutor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 21 de outubro de 2005, 19h00

Comentários de leitores

2 comentários

É um absurdo o que a GE fez com a Transbrasil, ...

macedo (Professor Universitário)

É um absurdo o que a GE fez com a Transbrasil, foi uma ação criminosa, que talvez tenha sido até encomendada por concorrentes! Gostaria de sugerir as estâncias legislativas, executivas e judiciárias que trabalhem para que o que ocorreu com a transbrasil não se repita.

Para que tanto trabalho em formular o técnico t...

HERMAN (Outros)

Para que tanto trabalho em formular o técnico trabalho jurídico. O Celso Cipriane (ex-diretor) da TRANSBRASIL, não é amigo pessoal do Presidente Lula desde a época em que era investigador de polícial do DOPS/SP. E os milhões de reais sonegados dos funcionários, quem paga ?????

Comentários encerrados em 29/10/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.