Consultor Jurídico

Notícias

A reação

Vice-presidente da Porto Seguro rebate acusação de fraude

Comentários de leitores

4 comentários

Eu de meu lado, tenho sérias dúvidas quanto aos...

Dave Geszychter (Advogado Autônomo)

Eu de meu lado, tenho sérias dúvidas quanto aos pontos publicados. A prática descrita na denúncia é uma conduta conhecida do mercado de seguros. Que alguns funcionários da seguradora Porto Seguro possam estar envolvidos na busca indevida de benefícios pessoais não é impossível. Entretanto que essa seja uma prática institucional da seguradora é muito díficil de receber credibilidade. Eu de minha parte, só não faço seguro nessa companhia, porque ela rejeita minha proposta em razão das restrições cadastrais que atualmente, em razão de problemas transitórios gravam meu nome. Se ela pulasse algumas exigências, eu não teria dúvidas, o que espero superar em breve, saldando dívidas pendentes e excluindo outras abusivas mediante procedimentos judiciais a serem propostos. E, diante do tratamento recebido da mesma em contratos de seguros pretéritos, com grande probabilidade, dentre as várias seguradoras, ela teria a minha preferência. O certo e inequívoco é que eu, pessoalmente, nunca tive problemas com essa seguradora. Nem com outras. Porém a atenção e o cuidado que me foram dispensados por essa superou aqueles ofertados pelas suas concorrentes. Em oposição a isso, familiares meus que também nunca tiveram problemas com a Porto Seguro, tiveram-nos com concorrentes suas, cujo nome não menciono por ética e até porque está tramitando a busca de uma solução para um desses casos.

A Porto Seguro tinha duas saídas: Preservar seu...

BASILIO (Advogado Sócio de Escritório)

A Porto Seguro tinha duas saídas: Preservar seu nome e apurar eventuais irregularidades de alguns funcionários, ou defendê-los, arcando com o ônus de ser sabedora de todos os fatos narrados. Escolheu o pior caminho... Realmente parece que não é séria....

Só o que sei é que não faço seguro mais na "Por...

Antonio Cesar de Souza (Procurador Autárquico)

Só o que sei é que não faço seguro mais na "Porto Inseguro".

A velhinha de Taubaté ainda está viva ? É a ún...

Walter Cunha Monacci (Advogado Assalariado - Civil)

A velhinha de Taubaté ainda está viva ? É a única que, 'venia concessa', poderá se convencer dos louváveis "procedimentos desta Cia." mencionados pelo Vice-Presidente "da Cia."

Comentar

Comentários encerrados em 30/03/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.