Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Prisão e multa

Justiça condena mais um envolvido na Operação Farol da Colina

Reginaldo Perez Chaves, preso durante a Operação Farol da Colina, foi condenado a 10 anos de prisão e ao pagamento de multa no valor de 1.200 salários mínimos por gestão fraudulenta e manutenção de depósitos não-declarados no exterior -- crimes previstos na Lei dos Crimes contra o Sistema Financeiro Nacional. Ainda cabe recurso da decisão da 2ª Vara Federal Criminal de Curitiba.

Chaves foi preso em agosto do ano passado. Ele é acusado de movimentar cerca de US$ 116.350.146,05 em uma conta mantida no exterior junto à Beacon Hill, instituição financeira clandestina que operava nos Estados Unidos. As informações são da Justiça Federal do Paraná.

O réu condenado tinha conexões com Alberto Youssef, com o qual efetuou operações de câmbio no valor de aproximadamente US$ 5 milhões, e com Antonio Oliveira Claramunt, conhecido como Toninho da Barcelona, com o qual chegou a trocar informações privilegiadas na véspera da deflagração da Operação Farol da Colina.

Alberto Youssef e Toninho da Barcelona também já foram condenados pela 2ª Vara Criminal Federal de Curitiba por operações no mercado paralelo de câmbio.

Revista Consultor Jurídico, 3 de março de 2005, 16h43

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/03/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.