Consultor Jurídico

Meia-volta, volver.

Serra contrata advogado para repatriar dinheiro de Maluf

Para recuperar um volume de cerca de 110 milhões de dólares que acredita terem sido desviados de seus cofres, a prefeitura municipal de São Paulo contratou no mês passado o escritório Lawrence Graham, de Londres. A autorização da contratação foi publicada no Diário Oficial do dia 13 de maio. O extrato do contrato foi publicado na edição do dia 19.

O paraíso fiscal das Ilhas Jersey fica sob a jurisdição britânica e o dinheiro que lá se encontra, acredita-se, foi desviado das obras da construção da avenida Águas Espraiadas (atual Jornalista Roberto Marinho) em São Paulo.

Em maio do ano passado, a prefeitura paulistana firmou convênio com a União para contratar o escritório britânico, com o objetivo de reaver o dinheiro supostamente desviado pelo ex-prefeito. Em fevereiro, no entanto, o governo federal, através da Advocacia-Geral da União, revogou o convênio. A prefeitura resolveu então contratar o escritório por sua conta e mediante procuração da União.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 17 de junho de 2005, 17h01

Comentários de leitores

1 comentário

Teria sido mais interessante, caso fosse feita ...

Daniel (Estudante de Direito)

Teria sido mais interessante, caso fosse feita a contratação de um escritório brasileiro com correspondente lá. Concordo com o Hugo, quanto a publicação do contrato (ata que resume) aqui. .'.

Comentários encerrados em 25/06/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.