Consultor Jurídico

Comentários de leitores

4 comentários

Akinho: não seja injusto, pois, o ilustre presi...

Ottoni (Advogado Sócio de Escritório)

Akinho: não seja injusto, pois, o ilustre presidente nem estava presente ao julgamento. A Constituição, e seu estudo, não apresentam incompatibilidade com o estudo da legislação ordinária, sendo aconselhavél que o constitucionalista mantenha, no exame das disposições constitucionais, sua atenção dirigida para a ratio da legislação ordinária, mais diretamente ligada ao fato e as razões que o motivaram. Na antiga e ainda festejada obra de Pedro Vergara, "Dos motivos determinantes" existe proveitosa orientação sobre essa exegese. Na composição do STF a exigência do notável saber jurídico nivela todos seus eminentes membros no quesito cultura, ficando as divergências entregues, apenas, ao quesito da inteligência e da visão finalista que o interprete deve ter com relação aos textos legais. Talvez tudo isso possibilitasse um resultado diferente daquele aqui lamentado.

Este continua sendo o país das maravilhas mesmo...

Rubens (Consultor)

Este continua sendo o país das maravilhas mesmo!! De fato, a seriedade entre os nossos políticos (se houver alguma algum dia) será objeto de apreciação do mundo todo...só rindo mesmo!! LAMENTÁVEL!!!

Alguem esperava outra coisa? Com Nelson Jobim n...

akinho (Outros)

Alguem esperava outra coisa? Com Nelson Jobim no "comando" vão condenar ese crápula do PMDB? (quase) todos fazem parte da camarilha. A Justiça, quanto maior a instância, mais injusta se torna.

FORÇAS DA NATUREZA! O ser humano jamais domi...

"TCHE" (Corretor de Seguros)

FORÇAS DA NATUREZA! O ser humano jamais dominará a natureza! A natureza que nos da a Luz, o Sol, o Ar e a Água, também fornece o Fogo. Todos elementos necessários a nossa existência, desde que bem utilizados. Jader Barbalho tem a sorte da poeira estar nas alturas para escapar rastejando-se! Liberta-se um preso para que outro entre! Trancamos a cela, mas deixamos a chave nas mãos do detento. A sociedade brasileira teima em não se aprimorar! É uma pena!!!

Comentar

Comentários encerrados em 24/06/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.