Consultor Jurídico

Notícias

Luto na advocacia

Presidente da subsecção da OAB de Jacareí (SP) é assassinado

O advogado Angelo Maria Lopes Filho, presidente da subsecção da OAB de Jacareí, interior de São Paulo, foi assassinado com quatro tiros, nesta quinta-feira (9/6) à noite. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas chegou morto à Santa Casa de Jacareí.

Durante a madrugada, por determinação do presidente da OAB-SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, o caso foi acompanhado pelo diretor tesoureiro da entidade, Marcos da Costa, pelo conselheiro federal Orlando Maluf Haddad e por outros conselheiros do Vale do Paraíba.

“Os advogados de São Paulo e do Brasil estão enlutados com mais este bárbaro assassinato de um colega. É uma grande perda para a advocacia, que tinha no jovem presidente uma liderança incontestável, um profissional exemplar além de uma criatura humana extraordinária. A dor desta morte brutal só pode encontrar conforto na lembrança de uma vida digna, honesta e querida por todos os seus colegas e amigos”, afirmou D´Urso.

Ele determinou à comissão especial que trata dos casos de advogados vítimas de homicídio o acompanhamento das investigações. D´Urso também entrou em contato com o secretário de segurança pública adjunto, Marcelo Martins de Oliveira.

Angelo Maria Lopes Filho tinha 38 anos e estava cumprindo seu segundo mandato à frente da subsecção de Jacareí para o triênio 2004/2006. Entre seus projetos, estava o curso Defensores da Cidadania, promovido em parceria com a prefeitura local, destinado a informar os munícipes sobre seus direitos.

De acordo com o presidente da OAB-SP, ainda não se sabe o motivo do crime. Lopes Filho atuava na área cível. “Não sabemos se estamos diante de um assalto, tentativa de seqüestrou ou execução”, disse D´Urso.

O velório de Angelo Maria Lopes Filho é feito na Loja Maçônica Integridade e Justiça, na rua Valdemar Brandineli, 186, centro de Jacareí e o enterro será realizado às 16h no Cemitério do Avareí, na mesma cidade.

Revista Consultor Jurídico, 10 de junho de 2005, 13h13

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 18/06/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.