Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Elas fazem Justiça

Mulheres no comando indicam avanço feminino na Justiça

Pela primeira vez na história da representação de classe da advocacia paulista, mulheres assumiram o comando dos principais órgãos da categoria. A advogada Márcia Regina Machado Melaré está na presidência da OAB de São Paulo, no lugar de Luiz Flávio Borges D´Urso, em férias até o dia 30 de janeiro. O Instituto dos Advogados de São Paulo, Maria Odete Duque Bertasi assume o comando durante as férias do presidente Tales Castelo Branco.

As duas advogadas assumiram em São Paulo no mesmo dia em que, em Brasília, a ministra Ellen Gracie devolveu a presidência do Supremo Tribunal Federal ao ministro Nélson Jobim. Primeira mulher a ocupar uma cadeira de ministro do STF, Ellen Gracie permaneceu na presidência entre 18 de dezembro de 2004 e 16 de janeiro de 2005. Ainda que de forma interina em conseqüência das férias do presidente, foi o mais longo período em que a presidência da mais alta corte de Justiça do Brasil esteve ocupada por uma mulher.

Também em São Paulo, a presença de mulheres no comando das duas entidades de advocacia, mesmo em caráter temporário, é inédita. Márcia Melaré ficará na presidência da OAB-SP, no período de 17 a 30 de Janeiro e Odete Bertasi, na presidência do IASP, no período de 17 de janeiro a 12 de fevereiro. Ambas são do escritório Approbato Machado.

Revista Consultor Jurídico, 17 de janeiro de 2005, 19h09

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/01/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.