Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Dinheiro desviado

Ministério Público Estadual denuncia 11 por desvios no Banpará

Onze pessoas foram denunciadas esta semana pelo Ministério Público Estadual acusadas de desviar dinheiro do Banco do Estado do Pará, o Banpará.

Os denunciados são todos ex-funcionários do banco. Eles são apontados como integrantes de um esquema de emissão cheques administrativos do banco, que provocou a movimentação irregular de cerca de R$ 5,5 milhões.

As movimentações, de acordo com o MP, ocorreram entre outubro de 1984 e agosto de 1985. O deputado federal Jader Barbalho (PMDB), que governava o estado na época, ficou de fora da denúncia. A exclusão aconteceu porque, como deputado, Barbalho possui foro especial e, assim, responde ao processo no Supremo Tribunal Federal. Nessa ação o ex-governador é acusado de ter se apropriado de dinheiro público desviado do Banpará.

O MP sugere que os acusados respondam pelos crimes de peculato (apropriação de bem público cometido por servidor). Os ex-funcionários denunciados são Hamilton Francisco de Assis Guedes, Fernando de Castro Ribeiro, Edson Sossai Cipriano, João Francez Medeiros, Agnaldo Menezes Dantas, Nélio Oliveira de Medeiros, João Faciola de Souza, José Benevenuto Ferreira Virgolino, Jamil Moisés Xaud, Raimundo Batista da Silva e Haroldo Góes.

Revista Consultor Jurídico, 11 de janeiro de 2005, 21h55

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 19/01/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.