Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Família na tela

Programa Direito e Avesso especial debate a Justiça e a Família

O programa Direito e Avesso, exibido pela TV Record do Rio de Janeiro e pela TV Justiça, apresenta essa semana o tema ‘A Justiça e a Família’. A atração vai reprisar reportagens sobre projetos sociais da 1ª Vara da Infância e Juventude, sobre os direitos do bebê e da parturiente e sobre as novas famílias, além dos programas sociais de Justiça voltados para os menores.

Além disso, o programa discute a preocupação do relacionamento entre os menores e a família. Mostra também a Escola de Pais, voltada para famílias que enfrentam problemas no relacionamento com os filhos. Debatem o assunto o desembargador José de Magalhães Peres, presidente da Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj), o agora desembargador Siro Darlan, na época titular da 1ª Vara da Infância e Juventude, o desembargador Thiago Ribas e a juíza Inês Joaquina.

O primeiro bloco fala também da preocupação do Tribunal de Justiça do Rio com a formação dos filhos de seus funcionários e mostra a creche Therezinha Amorim, inaugurada há seis anos, no prédio do TJ-RJ, para atender até 80 crianças. A reportagem conta com entrevista da pedagoga e diretora da creche Augusta Gorododitf.

No segundo bloco, uma reportagem especial, com entrevistas de médicos e especialistas sobre os direitos especiais dedicados à maternidade e aos pacientes recém-nascidos.

Para terminar, o Direito e Avesso fala sobre as novas famílias, o novo Código Civil e a união estável, com depoimento de um casal que explica porque optou por não se casar no papel. O juiz Custódio de Barros comenta os direitos e deveres de casais que vivem em união estável, inclusive na hora da separação.

Direito e Avesso vai ao ar, na TV Record, aos domingos, às 10h da manhã. Na TV Justiça, o programa é exibido na quinta-feira, às 11h30, na sexta-feira, às 21h30 e no sábado, às 18h30.

Revista Consultor Jurídico, 11 de janeiro de 2005, 17h14

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 19/01/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.