Consultor Jurídico

Comentários de leitores

4 comentários

Caro estudante de direito, qual seria a sua con...

Rita (Outros)

Caro estudante de direito, qual seria a sua conduta se fosse a pessoa em questão neste caso? A avaliaria como moderada? Quantos aos promotores promotores mortos no ultimos meses, no minimo o Sr. avaliaria Exercicio da Profissão!

Direito Penal é Tipologia.(Ponto Final) Defini...

Pinotti (Consultor)

Direito Penal é Tipologia.(Ponto Final) Definição clássica para qualquer doutrinador ou Jurista, julgar um delíto. Na minha opinião, apreciando todos os fatos, independente de ser Promotor de Justiça, cabe alegar que "Legítima defesa" no artigo 25 do CP, (...) Entende-se em legítima defesa quem, usando MODERADAMENTE DOS MEIOS NECESSÁRIOS, repele injusta agressão. Ilustrísimo Promotor de Justiça Thales Ferri Schoedl, o Sr. na qualidade de "Fiscal" da lei, avalia sua conduta como moderada?

"O pudor, que está abrangido pela honra sexual,...

Rita (Outros)

"O pudor, que está abrangido pela honra sexual, expressa, conforme a lição de Marcelo J. Linhares, “sentimento de vergonha que a pessoa experimenta toda vez que um fato lhe possa ferir a pureza, a honestidade, ou a decência do sexo”. Segundo o autor, constitui ofensa ao pudor, tomando-se por base o homem normal, que vive em equilíbrio na sociedade de seu tempo, “o ato que constitua exaltação de instintos eróticos ou suscite repugnância em pessoas normais” (Legítima Defesa, 2ª edição, Editora Forense, págs. 202 e 204). As importunações ofensivas dirigidas a Mariana, além de ilegais (art. 61, da LCP". Quantas mulheres conhecem que as importunações a elas dirigidas são ilegais? Cabe aqui o respeito!!!

"O pudor, que está abrangido pela honra sexual,...

Rita (Outros)

"O pudor, que está abrangido pela honra sexual, expressa, conforme a lição de Marcelo J. Linhares, “sentimento de vergonha que a pessoa experimenta toda vez que um fato lhe possa ferir a pureza, a honestidade, ou a decência do sexo”. Segundo o autor, constitui ofensa ao pudor, tomando-se por base o homem normal, que vive em equilíbrio na sociedade de seu tempo, “o ato que constitua exaltação de instintos eróticos ou suscite repugnância em pessoas normais” (Legítima Defesa, 2ª edição, Editora Forense, págs. 202 e 204). As importunações ofensivas dirigidas a Mariana, além de ilegais (art. 61, da LCP". Quantas mulheres conhecem que as importunações a elas dirigidas são ilegais? Cabe aqui o respeito!!!

Comentar

Comentários encerrados em 10/02/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.