Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Preço da defesa

Advogado recebeu R$ 1 milhão para defender Ronivon Santiago

Raramente um advogado fala quanto ganha para defender seu cliente. O advogado Paulo Goyaz decidiu revelar nesta terça-feira (30/8) à Folha de S.Paulo que recebeu cerca de R$ 1 milhão do PP para defender o deputado federal Ronivon Santiago (PP-AC) em 36 ações judiciais por compra de votos.

O advogado disse ter recibos comprovando o recebimento do dinheiro, mas não quis fornecer cópias e não mostrou os contratos assinados com o PP.

Em entrevista à Folha, Severino Cavalcanti (PP-PE), presidente da Câmara, tentou justificar os saques feitos das contas do publicitário Marcos Valério de Souza por um assessor da liderança do partido, João Cláudio Genu. Severino afirmou que os R$ 700 mil sacados foram usados para pagar despesas com o advogado de Santiago.

As declarações mostram contradição das versões do presidente da Câmara, que ter pago R$ 700 mil, e do advogado, que diz ter recebido R$ 1 milhão.

Segundo o jornal, o dinheiro teria sido pago a Goyaz em duas parcelas: uma em setembro de 2003 e outra em janeiro de 2004. Goyaz disse que não sabia que o dinheiro era oriundo de conta de Marcos Valério ou que teria sido sacado por Genu. O advogado também teria, ainda, outros R$ 240 mil para receber.

O signatário do contrato com Goyaz, que data de 2002, teria sido o presidente do partido, deputado federal Pedro Corrêa (PP-PE).

Revista Consultor Jurídico, 31 de agosto de 2005, 13h09

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/09/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.