Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Agilizando o trabalho

Justiça de Pernambuco redistribui processos fazendários

O Nudip — Núcleo de Distribuição e Informação Processual do Tribunal de Justiça de Pernambuco está redistribuindo cerca de 9 mil processos cíveis sobre feitos fazendários. Os processos estão sendo transferidos para as 7ª e 8ª Câmaras Cíveis, criadas para julgar exclusivamente matérias vindas das varas da Fazenda Pública envolvendo o estado de Pernambuco e municípios.

Segundo a diretora do Nudip, Patrícia Távora, a maioria dos processos ainda está sendo devolvida pelos gabinetes e pela Diretoria Cível. Para agilizar as atividades, um Grupo de Trabalho, criado pela resolução 176/05, está funcionado durante os finais de semana. Contando com uma equipe de 10 pessoas, quatro na distribuição e seis autuando, o GT vem mantendo uma média de 800 processos redistribuídos a cada final de semana.

A previsão é de que, em 3 meses, todos os processos já tenham sido redistribuídos. "Graças à instituição do Grupo de Trabalho, a redistribuição processual não está afetando o fluxo normal dos novos processos que chegam a cada dia", esclarece Patrícia Távora.

Além dos processos fazendários, também estão sendo redistribuídas as ações relativas a acidente de trabalho.

Revista Consultor Jurídico, 16 de agosto de 2005, 14h53

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/08/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.