Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Crime na internet

Justiça condena casal que invadia contas bancárias pela internet

Dois acusados de desviar mais de R$ 100 mil de contas bancárias pela internet foram condenados à prisão e ao pagamento de multa. Leonardo Marques Maestri, de 30 anos, consultor de tecnologia de informática, e Márcia Terezinha Ferreira, de 40 anos, representante comercial, foram condenados por furto mediante fraude, estelionato e formação de quadrilha. Maestri também foi condenado por quebra de sigilo.

Para o primeiro foi aplicada pena de 11 anos, 10 meses e 20 dias de reclusão e de multa de 32 salários mínimos, em valores de novembro de 2004. Márcia foi condenada a nove anos, seis meses e 20 dias de reclusão e a multa de 7 salários mínimos.

A decisão é do juiz Frederico Valdez Pereira, da Vara Federal Criminal de Florianópolis. Segundo a denúncia do Ministério Público Federal, com a utilização de programas específicos, os criminosos conseguiam os números e senhas das contas e conseguiam fazer saques ou pagamentos para terceiros.

Para o juiz, os materiais apreendidos e as provas constantes nos processos comprovam os crimes. Outros dois denunciados ainda estão respondendo pelos delitos.

Os dois foram presos pela Polícia Federal, em Florianópolis, em 11 de novembro do ano passado. A PF também apreendeu cartões magnéticos em nome de terceiros, relações de contas bancárias com as senhas de acesso e aparelhos de informática. A informação é da Justiça Federal de Santa Catarina.

O regime inicial de cumprimento da pena deve ser fechado. Os réus ainda podem recorrer, mas devem permanecer presos.

Processo 2004.72.00.016785-0

Revista Consultor Jurídico, 8 de agosto de 2005, 17h26

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 16/08/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.