Consultor Jurídico

Notícias

Investigação criminal

Anistia Internacional pede que STF considere êxitos do MP

Comentários de leitores

6 comentários

Amigo Limeira, Creio que, afinal, concordamos....

Manuel Sabino (Bacharel - Administrativa)

Amigo Limeira, Creio que, afinal, concordamos. O que se quer é manter a forma atual, não mudar nada. O que acontece, no caso que está sendo julgado no STF, é que um cidadão foi flagrado desviando dinheiro do SUS. Quem flagrou foi o Ministério da Saúde. O MPF, ao receber as provas, realizou as diligências que vc falou: requisitou documentos e ouviu testemunhas. Talvez até tenha pedido o auxílio de um outro órgão, como a Receita Federal, para interpretar os dados recebidos. Convencido da veracidade das informações, o procurador denunciou. No caso concreto, o que o acusado quer é se ver livre das acusações pelo simples fato de que, segundo a tese de defesa, todas as provas são nulas. E são nulas porque só quem pode investigar é a Polícia. O MP não quer substituir a polícia. Isto é mentira. A polícia é importante e deve ser fortalecida. O quer se quer é que continue sendo permitido ao MP conferir se as informações recebidas são verdadeiras, de forma a, convencido, agir. Realmente são poucos os casos em que o Mp investiga sozinho, talvez apenas quando tudo se resuma à análise jurídica de documentos que por ele poderiam ser investigados. Mas proibir o MP de produzir provas não vai fortalecer a polícia, vai apenas favorecer a impunidade. Sugiro ao senhor, como o senhor fez, a leitura do resumo do caso nas notícias do STF. Pelas suas manifestações, está claro qure o senhor não entendeu o espírito da coisa. Abraços de um brasileiro cansado de esbarrar com os bandidos no meio da rua e de ver policiais e promotores sendo assinados por fazerem seu trabalho.

CARO MANUEL SABINO, SOMENTE GOSTARIA DE LEMB...

João A. Limeira ()

CARO MANUEL SABINO, SOMENTE GOSTARIA DE LEMBRÁ-LO QUE AS INVESTIGAÇÕES DO BANESTADO FORAM REALIZADAS NA FORMA ATUAL, OU SEJA, ATRAVÉS DE INQUÉRITO POLICIAL CONDUZIDO POR DELEGADO DE POLÍCIA E ACOMPANHADO PELO MP (NÃO PODEMOS NOS BASEAR APENAS EM NOTÍCIAS DE TELEVISÃO PARA FUNDAMENTAR OPINIÕES, É PRECISO BUSCAR OUTRAS FORMAS DE CONHECIMENTO, RECOMENDANDO PRINCIPALMENTE A LEITURA DE LIVROS E PESQUISAS REALIZADAS). TODOS SABEM QUE FOI FUNDAMENTAL PARA AS INVESTIGAÇÕES A ATUAÇÃO DE DELEGADO FEDERAL QUE IDENTIFICOU E SOLICITOU A QUEBRA DE CONTA BANCÁRIA NOS EUA. DESTA FORMA, CASO TIVESSE SIDO ADOTADA A FORMA NOVA QUE SE PRETENDE CRIAR NO PAÍS DE INVESTIGAÇÕES CRIMINAIS CONDUZIDAS DIRETAMENTE PELO MP, MUITO PROVAVELMENTE A SOCIEDADE NÃO TERIA COLHIDO TAIS FRUTOS POSITIVOS. VOLTO A REPETIR, SÃO ÍNFIMOS OS CASOS DE INVESTIGAÇÕES CONDUZIDAS DIRETAMENTE PELO MP, QUE NÃO POSSUEM A MENOR ESTRUTURA PARA TAL MISTER, SENDO QUE TAIS "INVESTIGAÇÕES" GERALMNTE SE RESUMEM NA REQUISIÇÃO DE DOCUMENTOS, CUJAS ANÁLISES SEMPRE SÃO FEITAS COM AUXÍLIO DE OUTROS ÓRGÃOS (RECEITA, BANCO CENTRAL, POLÍCIA FEDERAL). O BRASIL NÃO SOFRE DE FALTA DE PODERES DO MP, UM DOS MAIS PODEROSOS DO MUNDO, MAS SIM DA FALTA DE AUTONIMIA E GARANTIA AOS POLICIAIS. SE QUISÉSSEMOS REALMENTE PROMOVER UMA REVOLUÇÃO NAS INVESTIGAÇÕES CRIMIANAIS, DEVERÍAMOS CONCEDER A AUTONOMIA E INDEPENDÊNCIA ADMINISTRATIVA DAS POLÍCIAS, COMO OCORRE NA MAIORIA DOS PAÍSES DESENVOLVIDOS.

Boris Casói acaba de matar a questão. Enquanto...

Manuel Sabino (Bacharel - Administrativa)

Boris Casói acaba de matar a questão. Enquanto a CPI do Banestado bate cabeça, o MPF já denunciou quase duas centenas de pessoas (obtendo já 16 condenações na justiça federal) por lavagem de dinheiro. Existem ainda 137 políticos sendo investigados e as informações do Mp já possibilitaram, multas milionárias por sonegação fiscal. Será que não é este o motivo de toda a pressão sobre o STF para impedir as investigações do MP? Ora, se a argumentação é quanto ao monopólio da investigação por parte da polícia, porque ninguém reclama da investigação de outros órgão? Será que é porque o MP é ineficiente, como alegam alguns? Como exemplo desta ineficiência, o MP acaba de ingressar com uma ACP contra o vice-presidente da república. será que sem o Mp esta ACP saía?

Tem razão Limeira, só quem é bem informado é vc...

Manuel Sabino (Bacharel - Administrativa)

Tem razão Limeira, só quem é bem informado é vc. A imprensa tá errada, a ONU tá errada, o MP tá errado, os três ministros que votaram ontem estão errados... No conto de fadas em que vc vive, a polícia é extremamente eficaz no combate à corrupção. Só que eu vivo no mundo real. e neste mundo, proibir investigação é igual a impunidade.

A Anisitia Internacional não está bem informada...

João A. Limeira ()

A Anisitia Internacional não está bem informada. O caso "CASTELINHO" foi investigado pela Polícia Civil. No Acre Hildebrando foi investigado pela Polícia Federal e pela CPI do narcotráfico. No Espírito Santo quem conduzia as investigações da MISSÃO ESPECIAL era a Polícia Federal. O MP não pode se arvorar dos trabalhos realizados por outros órgãos apenas porque cumpre o seu devido poder legal, ou seja, oferece a denúncia ou realiza uma ou outra diligência pontual. São pífios os resultados obtidos pelo MP nos casos de violências cometidas por policiais.

Aos calorosos defensores da limitação dos poder...

Marco A. Oliveira ()

Aos calorosos defensores da limitação dos poderes investigatórios do MP, alguns destes inocentes-úteis, outros nem tão inocentes assim, acordem. Até a Anistia Internacional enxerga o retrocesso pretendido. Deixem o ciúme e a inveja de lado. Pensem como cidadãos brasileiros. Lamentável a posição da OAB SP e Nacional, que não refletem a opinião dos advogados.É hora de acordar e repensar.

Comentar

Comentários encerrados em 9/09/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.