Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Questões da Ordem

OAB de Alagoas reprova quase 74% dos candidatos em Exame

Não é apenas em São Paulo que os Exames de Ordem estão apresentando um índice elevado de candidatos reprovados. Dos 225 bacharéis de Direito de Alagoas inscritos para o exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), apenas 26,2% conseguiram ser aprovados.

Apesar do elevado índice de reprovação (73,8%), os números de Alagoas não são os piores. Na semana passada, por exemplo, a seccional paulista da OAB divulgou que cerca de 92% dos candidatos em São Paulo foram reprovados no Exame de Ordem.

Em outros estados brasileiros a taxa de reprovação também atingiu níveis alarmantes como em Mato Grosso, onde a reprovação foi de 84%, Paraná (82,65%), Pernambuco (72%) e Bahia (58%).

Revista Consultor Jurídico, 30 de novembro de 2004, 13h43

Comentários de leitores

3 comentários

A única forma da OAB "brecar" a enxurrada de ma...

Ayrton José Cabral (Advogado Autônomo - Tributária)

A única forma da OAB "brecar" a enxurrada de maus profissionais é, sem dúvida, exigir o quanto mais nos seus exames. Parabéns.......

A OAB não mede conhecimento de ninguém....nem e...

Vinicius Gustavo Sandes Solha ()

A OAB não mede conhecimento de ninguém....nem em sua 1º fase e muito menos na 2º fase,acho um absurdo o que fizeram na prova prática da OAB/SP tanto na de Direito Penal, quanto na de Direito Tributário!!!!!!!! Quer dizer que Súmula do STF, a OAB/SP está jogando no lixo......pois pediu uma tentativa de latrocínio na peça qdo o STF já sumulou o assunto dizendo que o menos não pode ocorrer. É Direito Tributário falar o que??????????? Contra-Razões de Recurso Extraordinário......conversando com meu padrinho que é advogado tributarista há 36 anos exatamente, ele em todos estes anos de carreira fez apenas em duas oportunidades este recurso!!!!!!! Ainda dizem que a OAB/SP é difícil de passar........claro que é difícil,quando se joga uma Sumula do STF na lata do lixo,é se pede um recurso em matéria tributária que nem mesmo os grandes mestres tributaristas, fazem ou quando fazem é uma cartada final!!!!!!!!! Não existe mais saída......isso sim é a OAB/SP!!!!!!!!!! Fazer o que????????? Primeiro, tirar o Sr. Flávio D´Urso da presidência da OAB/SP.........depois organizar uma prova decente, dignas daqueles que vão exercer um mister sagrado de defender à população!!!!!!!!!

Há de se exigir que os professores do curso de ...

Giovannetti (Advogado Autônomo)

Há de se exigir que os professores do curso de Direito passem também por uma avaliação. Há uma demonstração inequívoca de que os formandos do curso de Direito não tiveram professores preparados ao exercício do cargo. Esta é a única explicação do fracasso e da tão alta reprovação dos formando nos exames da Ordem. Só cego para não enxergar onde está a causa. A OAB que tanto tem demonstrado a sua preocupação com o baixo índice da cultura jurídica do formando, deve exigir das Faculdades de Direito uma imediata solução, dispensando os incompetentes que lá estão por estar, contratando, de consequência, quem realmente esteja a altura de preparar o profissional ideal ao exercício da advocacia. Não há dúvida de que a grande maioria dos professores do curso de Direito são os incompententes que fazem com que a profissão de advogado esteja desacreditada, em face dos últimos resultados dos exames de ordem.

Comentários encerrados em 08/12/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.