Consultor Jurídico

Comentários de leitores

9 comentários

Não dá para negar que é um avanço, mas também n...

Guilherme Martins Freire (Advogado Associado a Escritório - Civil)

Não dá para negar que é um avanço, mas também não podemos esquecer que a taxa de anuidade da OAB vai aumentar bastante. É a velha maneira: bate com uma mão e afaga com a outra.

Parabéns! A OAB de São Paulo segue o que...

Ricardo Augusto Flor ()

Parabéns! A OAB de São Paulo segue o que já há muito fazem as OAB de outros estados como no RS. Esperemos agora que o TJ daqui faça o mesmo. Não faz sentido o judiciário enviar todas as intimações, em meio eletrônico, ao diário oficial para que este a distribua na forma impressa e depois empresas particulares digitalizem novamente essa informação para fornecê-la aos seus clientes. No RS qualquer pessoa (advogado ou não) cadastra-se diretamente no site do TJ e passa a receber as intimações de que tem interesse.

Estão de parabéns os advogados de São Paulo, qu...

Fmdsouza (Advogado Autônomo - Empresarial)

Estão de parabéns os advogados de São Paulo, que são liderados por este grande penalista Sr. Luiz Flávio Borges D´urso, que a rigor é um advogado militante - repito, advogado militante! Agora, gostaria que alguém em minas, repercutisse tal notícia ao Sr. Raimundo Cândido Júnior e Sua Turma, pois aqui, nada se faz em prol do advogado! É uma das seccões mais modorrentas do país. Ou estou errado ???

O que ninguém se lembra é que essa idéia partiu...

João Bosco Ferrara (Outros)

O que ninguém se lembra é que essa idéia partiu do Dr. Sérgio Niemeyer, que por diversas vezes defendeu que a OAB do Brasil, quero dizer, de todos os Estados, passassem a prestar esse serviço ao invés de ficar só julgando e condenando seus pares no Tribunal de Ética. Desde 2001, que o colega luta pela implantação desse serviço. A atual gestão usurpou essa idéia já no final da campanha no ano passado, mais ou menos em setembro, tanto que a publicação das intimações gratuitamente não constava dos primeiros programas do Dr. D'Urso que foram impressos, distribuídos e divulgado pela Internet. Mas segundo o Dr. Sérgio Niemeyer, sua proposta era ainda mais ousada, pois sugeria que o serviço fosse prestado não só pela via eletrõnica, que ainda apresenta uma série de problemas, mas também por correio, como fazem as Associações e algumas empresas de recortes. E tem toda razão. Nós, advogados, já temos de pagar a maior anuidade de todas as classes de profissionais liberais do país, e ainda devemos pagar pelo serviço de recortes, o que onera muito o exercício da profissão. Já era mesmo hora de a OAB tomar uma atitude em prol do advogado. Parabéns à OAB de São Paulo, parabéns ao Dr. Sérgio Niemeyer, pois suas idéias ecoaram nos ouvidos dos dirigentes da OAB, e espero que a OAB do Rio siga os mesmo passos.

Felicito o dignissímo Sr. Dr. Presidente da OAB...

Regiane Araujo (Procurador da República de 1ª. Instância)

Felicito o dignissímo Sr. Dr. Presidente da OAB-SP, por mais esta conquista. A intimação on line gratuita dará ao advogado que não tem condições financeiras de dispensar mensalmente a quantia de R$ 40,00 para recebimento de recortes, a oportunidade de exercer sua atividade profissional de forma plena, de modo que, acompanhará seus processos diariamente no seu local de trabalho, sem a necessidade de ir aos fóruns todos os dias para verificá-los pessoalmente. Por outro lado, não acredito que os associados da AASP se desliguem desta conceituada associação somente por terem oportunidade de verificarem suas publicações gratuitamente, pois, como é sábido, são muitos os benefícios oferecidos aos advogados, além dos recortes, como por exemplo, os boletins, a revista do advogado, descontos em cursos, dentre outros. Regiane S. Araújo (empresarial - advogada -São Paulo)

Colegas, Finalmente, o Dr. Luiz Flávio Borge...

Régis C. Ares (Advogado Autônomo)

Colegas, Finalmente, o Dr. Luiz Flávio Borges D’Urso, Presidente da O.A.B./SP acena para a possibilidade de ser cumprida uma de suas principais promessas de campanha. Eu, particularmente, ainda estou um pouco cético quanto a isso. Sou sócio da A.A.S.P., não apenas pela eficiência do serviço de intimação, que, ao menos comigo, nunca falhou. Mas, também, pelas informações que me são semanalmente enviadas e pelos cursos e palestras que a entidade possibilita, a preço, muitas vezes, 50% menor do que a O.A.B./SP. Além do mais, é necessário se questionar a eficiência do serviço que a O.A.B./SP prestará "gratuitamente", e que, em caso de falha, pode gerar algumas dores de cabeça para o Advogado. Portanto, até considero bem-vindo esse novo serviço da O.A.B./SP, mas permanecerei associado a A.A.S.P.

Se o Presidente da Secção SP "copia" a iniciati...

Dra. Andréa Zamaro (Professor Universitário)

Se o Presidente da Secção SP "copia" a iniciativa do Estado do RS (que por sinal conta com atribuições bem inferiores, já que o nº de incritos é ínfimo, proximo a SP) ou se a AASP ofeece outros tantos benefícios além dos famosos "Recortes" o fato é que esta é uma grande conquista à classe. Para quem está distante (ainda que poucos Kms) da Capital, não usufrui de qq serviços da AASP além dos Recortes e, para isso tem que desembolsar R$ 40,00, o que é um absurdo. Parabéns ao nosso Presidente e à conquista de toda a classe do Estado mais forte da Federação!

Parabéns Sr. Presidente da OAB-SP. Essa realiz...

O Martini (Outros - Civil)

Parabéns Sr. Presidente da OAB-SP. Essa realização - mais vitória - se reveste de méritos especiais, principalmente por que no estado mais rico da nação, porém também com o Judiciário mais congestionado e menos informatizado, portanto menos eficiente. De há muito que o poderio econômico paulista não se traduz em benefício de sua população, ou seja, só pagamos a conta da Federação.

O que a OAB de São Paulo anunciou como novidade...

José Luís Mossmann Filho ()

O que a OAB de São Paulo anunciou como novidade, existente de longa data no RS. Continuem copiando as boas iniciativas dos gaúchos. Ficaremos envaidecidos. José Luís Mossmann Filho

Comentar

Comentários encerrados em 5/12/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.