Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Autorização para conserto

Vistoria de carro sinistrado pode ser em qualquer oficina

As empresas de seguro não podem se negar a fazer vistorias em veículos sinistrados sob alegação de que os automóveis estão em oficinas não credenciadas para o respectivo conserto. A decisão do juiz Luiz Fernando Boller, do Juizado Especial Cível de Tubarão, Santa Catarina, foi confirmada pela 4ª Turma de Recursos de Criciúma. O juiz entendeu ser clara a distinção entre o ato de vistoria e a subseqüente autorização para o conserto. Cabe recurso.

Segundo o Tribunal de Justiça catarinense, a Hannover Internacional Seguros S/A se negou a honrar contrato de seguro sob justificativa de que o veículo acidentado não passou por vistoria necessária, uma vez que se encontrava em oficina não conveniada para o conserto. “A vistoria não é a autorização para o conserto”, anotou o juiz Guilherme Nunes Born, relator da Apelação Cível, no recurso à 4ª Turma.

A decisão obriga a Hannover a pagar R$ 8,7 mil para o policial militar Joel Alves. A indenização se refere aos estragos provocados em seu carro num acidente ocorrido em Tubarão, envolvendo ainda um caminhão Mercedes Benz.

Apelação Cível nº 2.506

Revista Consultor Jurídico, 9 de novembro de 2004, 16h19

Comentários de leitores

1 comentário

Muito boa e oportuna a reportagem. Estou tendo ...

Alessandro Calistro ()

Muito boa e oportuna a reportagem. Estou tendo o mesmo problema com o seguro da Caixa Seguros Autos. Não aprovaram o orçamento feito em uma concessionária GM, onde eu tirei o carro ok à três meses, sob a elegação de que a concessionária não é a credenciada da segurado e que eu precisaria levar o carro a oficina credenciada. Estou brigando com a Segurado e informo vocês posteriormente do resultado. Estou acionando o gerente da agência Caixa Economica Federal onde tenho outros carros segurados. Grato Alessandro Calistro

Comentários encerrados em 17/11/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.