Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Tratamento médico

Unimed é obrigada a pagar marca-passo a usuário de plano básico

A Unimed Noroeste do Paraná Cooperativa de Trabalho Médico Ltda está obrigada a pagar um aparelho de marca-passo, no valor aproximado de R$ 28 mil, a José Carlos Semencato, usuário do plano de saúde. A decisão é da 8ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná. Cabe recurso.

A empresa alegou que o usuário não tinha direito à cobertura por ser integrante do plano ‘básico’ desde 1993, não tendo migrado para o ‘total’ antes da cirurgia. Se houvesse feito isso, teria direito a aquisição do aparelho.

O relator, desembargador Rafael Augusto Casseti, considerou abusiva a cláusula que restringe a cobertura, já que o objetivo da intervenção cirúrgica realizada e autorizada pelo plano de saúde era justamente a implantação do marca-passo que a Unimed pretendia cobrar. A decisão foi unânime.

Revista Consultor Jurídico, 4 de novembro de 2004, 16h42

Comentários de leitores

1 comentário

O sobrenome do desembargador é Cassetari.

Clarissa Reis ()

O sobrenome do desembargador é Cassetari.

Comentários encerrados em 12/11/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.