Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Governo Eletrônico

Ijuris bate recorde de aprovação de trabalhos científicos

Por 

Integrantes da equipe do Ijuris tiveram seis trabalhos de pesquisa aprovados junto ao Comitê Científico do Congresso Nacional de Tecnologia da Informação e Comunicação (SUCESU 2004). Na versão deste ano do evento, "nosso grupo teve o maior número de trabalhos aprovados em todo o Brasil", comemora o presidente do Conselho Científico do Instituto, Hugo Cesar Hoeschl.

Os temas tratam dos assuntos centrais pelos quais o Ijuris se tornou uma forte referência na comunidade científica internacional: Governo Eletrônico, Sociedade da Informação e Informática Jurídica.

O Congresso será realizado de 26 a 28 de abril de 2004, no Centro de Convenções de Florianópolis, na capital catarinense. A cidade anfitriã no ano passado foi Salvador.

A promoção é da Sociedade dos Usuários de Informática e Telecomunicações. A organização e a realização estão a cargo do IDETI Eventos em Tecnologia da Informação.

"Engenharia de almas" surpreende o comitê

Dentre os trabalhos inscritos pelo Ijuris no SUCESU 2004, um chama a atenção de imediato pelo seu título: "Engenharia de Almas". Embora o sub-título ("A Sincronicidade entre a Inteligência Artificial e a Gestão do Capital Intelectual, Social e Emocional das Instituições") ajude a trazer o leitor de volta ao mundo normal da ciência, ele é insuficiente para saciar as curiosidades despertadas.

A presidente o Ijuris, Tânia Cristina D'Agostini Bueno, assina a pesquisa junto com mais dois pesquisadores do Instituto. Ela explica que o trabalho envolve estudos psicanalíticos (focados principalmente em Lacan e sua teoria da linguagem), estudos da teoria da argumentação jurídica "e alguns conhecimentos extra-sensoriais da humanidade".

A metodologia para a sincronização de conhecimentos, descrita pelo texto, "permitiu uma excepcional coerência entre as relações semânticas das chamadas expressões indicativas". O que levou tanto o engenheiro do conhecimento quanto o especialista a desenvolverem "muito mais que o conhecimento do domínio, mas competências como consciência própria, disciplina, persistência e empatia", concluiu Tânia.

Veja os trabalhos do Ijuris aprovados no SUCESU 2004

ENGENHARIA DE ALMAS - A SINCRONICIDADE ENTRE A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E A GESTÃO DO CAPITAL INTELECTUAL, SOCIAL E EMOCIONAL DAS INSTITUIÇÕES

Tânia Cristina D'Agostini Bueno

Hugo Cesar Hoeschl

Andre Bortolon

FERRAMENTA DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE PARA REPRESENTAÇÃO VISUAL DE REDES DE RELACIONAMENTO

Cesar Ramirez Kejelin Stradiotto

Andre Bortolon

Hugo Cesar Hoeschl

KMAI - GESTÃO DO CONHECIMENTO COM INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Marcelo Stopanovski Ribeiro

Eduardo da Silva Mattos

Hugo Cesar Hoeschl

Tânia Cristina D'Agostini Bueno

AVALIAÇÃO DE WEBSITES DO PODER JUDICIÁRIO BRASILEIRO

Fabrício Tadeu Donatti

Hugo Cesar Hoeschl

Érica Bezerra Queiroz Ribeiro

Mauro Delfino

UM MODELO DE TI PARA APLICAR A GESTÃO DO CONHECIMENTO EM PREFEITURAS

Simone Füchter

Jaime Leonel de Paula Jr.

Hugo Cesar Hoeschl

Ricardo Miranda Barcia

TRANSPARÊNCIA ELETRÔNICA - A TI E A INFORMAÇÃO SOBRE NEGÓCIOS PÚBLICOS INTERNACIONAIS

Simone Füchter

Jaime Leonel de Paula Jr.

Hugo Cesar Hoeschl

Ricardo Miranda Barcia

Evento se direge a todos os setores da economia

O Congresso Nacional de Tecnologia da Informação e Comunicação se dirige aos executivos e técnicos dessas áreas e de todos os setores da economia. Os objetivos principais são:

1. reunir, em um único evento, usuários, fornecedores, desenvolvedores e pesquisadores da área de Tecnologia da Informação e Comunicação;

2. apresentar as principais tendências das tecnologias da informação, expondo experiências selecionadas do uso dessas tecnologias nos vários setores da economia; e

3. debater os principais temas relacionados às políticas nacionais de Informática e Telecomunicações.

A programação temária do SUCESU 2004 se baseia nas seguintes atividades:

trabalhos técnicos e científicos;

palestras, cases e tutoriais;

painéis de debates; e

keynote speakers.

Cada trabalho terá 30 minutos de explanação em sala. Em seguida haverá a demonstração do pôster, durante 90 minutos, em ambiente comum.

Pelo menos um dos autores deverá permanecer junto ao pôster, durante todo o tempo da exposição, para responder às questões e esclarecer dúvidas dos interessados.

Os dois melhores trabalhos de cada tema e nas categorias Trabalho Técnico Conceitual e Trabalho Técnico de Aplicação receberão certificados. Aos três melhores trabalhos dentre todas as categorias haverá ainda, como prêmio, a participação nos seguintes eventos:

1º colocado - COMDEX/LAS VEGAS 2004

2º colocado - COMDEX/SUCESU SP 2004

3º colocado - SUCESU 2005

A premiação inclui viagem, hospedagem e inscrição nos congressos.

Marcos Carlson é jornalista, webdesigner, mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina e pesquisador do Ijuris.

Revista Consultor Jurídico, 29 de março de 2004, 16h26

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/04/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.