Consultor Jurídico

Artigos

Preto no branco

Deplorável é a situação da Polícia Federal, não a greve.

Comentários de leitores

11 comentários

Deplorável é o descaso com que a Polícia Federa...

Hugo ()

Deplorável é o descaso com que a Polícia Federal vem tratando a população. Acho sim que o direito a greve deve ser respeitado quando justo e que todos tem o direito de lutar por melhores condições de trabalho. O que não acho justo é que a população seja castigada e usada como forma de pressão ao Governo. Gostaria de ver todos na rua!

... continuação ... Reinvidicar cumprimento de...

Rogério M. Souza ()

... continuação ... Reinvidicar cumprimento de lei, como os federais, não é usurpar poderes constitucionais ou ser melhor que os outros; e ser policial civil, ou servil, como os de Brasília, é amar a camisa que se veste e ir à luta, mas com dignidade; e é o que tentamos com uma boa aprovação num concurso destes. Por mais que V. Sa. seja um expert em análise de finanças ou auditor público, garanto que o seus vencimentos totais não estejam condignos com a realidade, e que apenas o orgulho de vossa profissão é que lhe dá o prazer de se trabalhar, apesar de não poder consertar o mundo como desejarias. Por isto, se um PF hoje passasse a ganhar 5.100,00 (atualmente parece que é 3.960,00 - e não é isonomia com os delegados, seria cumprimento de uma lei - o delegado ainda ganharia 30% a mais nas gratificações, o venc. é que seria igual), e V. Sa. ganhasse 3.800,00, brigue para ser valorizado também, e não ache que os federais seriam uns folgados e frescos. Quanto a falculdade, parabéns pelo seu esforço, e perdoe-me as exacerbações das palavras, porque inclusive eu não terei novamente dinheiro para cursar o meu semestre letivo (900,00 mensais) nestas faculdades de cinema e o FIES (que eu nunca consegui) foi cancelado hoje por este PT mentiroso e salafrário, que irá colocar em Junho uma outra espécie de FIES muito mais difícil.

Douto Antônio Marcos de Paulo, O ato de não se...

Rogério M. Souza ()

Douto Antônio Marcos de Paulo, O ato de não se trabalhar num órgão público federal ou estadual não se presumiria em desconhecer a safadeza e as improbidades largamente noticiadas em veículos de comunicação (desde que isentos), excluindo-se a Rede Globo. A roubalheira, a corrupção e o nepotismo da política brasileira batem todos os recordes mundiais e pululam aos nossos olhos como uma terrível herança dos votos desperdiçados através da ignorância política do povo e dos votos de cabresto. Veja-se o TeRORIZta ganhar por uma diferença de 15 mil votos e os seus roubos. A pior mazela da nação é verificar a extrema pobreza (e fome) reinante entre os desfavorecidos e o dinheiro de monta a sair pelo ralo da má administração pública e a roubalheira. Mas isto não significa que uma categoria de policiais ou de servidores do INSS, e.g., respondam pelas imbecis administrações de seus pares, como creio que o esforçado trabalho desenvolvido pelo Douto Sr. como analista de finanças não corresponda a prevaricação e incompetência minada de seus superiores. Tome-se como exemplo a total inépcia de Tribunais de Contas sob comandos de Valmir Campelos da vida, de Manoelzinhos do TCDF, de Renatos Rainhas que se compra a torto e a direito. ... continua ...

Excelentíssimo Senhor Antônio Marcos de Paulo, ...

Rogério M. Souza ()

Excelentíssimo Senhor Antônio Marcos de Paulo, Vosso sarcasmo quanto as instituições ditas lesivas ao Brasil não passa de ignorância pública das responsabilidades de órgãos de carreira de Estado, que ganham mal como qualquer cidadão brasileiro. E quanto a sua Faculdade, a sua soberba denota exclusivamente a mentalidade mentecapta e anti-social; e pior de tudo, de pobreza intelectual de uma parcela da sociedade que mostra a sua indignação com o administrador público (político), mas que se encaixa perfeitamente no lindo poema do analfabeto político, de Bertold Brecht: O Analfabeto Político O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio depende das decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que da sua ignorância política nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos que é o político vigarista, pilantra, o corrupto e lacaio dos exploradores do povo.

Bem, Sr. Antônio Marcos de Paulo (Civil - — DF,...

Rogério M. Souza ()

Bem, Sr. Antônio Marcos de Paulo (Civil - — DF, DF) — 30/03/04 · 07:31, se fores mesmo da servil de Brasília, que é bate-escrava do TerRORIZta, não liga não para a greve dos "irresponsáveis" (e lutadores) dos federais, porque como sempre vocês pegam a rabeira e conseguem injustamente o que eles, os federais, faturam, na maior moleza, não é? E se não fores servil, digo, papa charlie, tome canudo de superior em você...

Sr. DakHir TazMini, Os comentários de V. Sa....

Rogério M. Souza ()

Sr. DakHir TazMini, Os comentários de V. Sa. feitas DAK são mesmo de HIR, porque não conheceis nenhum milímetro do que ocorre no Departamento de Polícia Federal. Os APF's e outras categorias policiais podem ser presos por omissão se não salvarem a TUA PELE NUMA ENRASCADA; eles saem para trabalhar pela manhã, e não sabem se irão voltar para as suas famílias, como qualquer cana; e para vossa informação, 95% dos policiais federais possuem nível superior...

O ilustre estagiario de Direito desconhece o pr...

Marcelo (Servidor da Secretaria de Segurança Pública)

O ilustre estagiario de Direito desconhece o principio da isonomia, pelo qual pessoas que ocupam mesma função tem que receber mesmo provento. Tambem desconhece a realidade do Departamento, porque dizer que um delegado trabalha mais do que um agente é uma balela sem tamanho. Pergunte a um delegado que seja honrado, se isso é verdade. Pena eu não poder citar aqui o nome de alguns que confirmariam essa realidade. Por fim, nem precisaria rebater o ultimo paragrafo, que já fala por si mesmo... achar que na pratica um agente "nao precisa ser formado em nada mesmo" é fazer o jogo da bandidagem, que quer uma policia despreparada, e não uma policia de primeiro mundo, como o FBI ou qualquer outra onde NÃO EXISTE o tal cargo de "delegado", sendo TODOS os seus componentes policiais de verdade, que vão as ruas e solucionam crimes, e não ficam atras de uma escrivaninha despachando "ao...ao...ao"

DEPLORÁVEL é ver os agentes de polícia federal ...

Dakhir Tazmini ()

DEPLORÁVEL é ver os agentes de polícia federal (muitos dos quais, apesar do que dizem, NÃO POSSUEM CURSO SUPERIOR), querer ganhar o mesmo que os Delegados, ao tempo em que não trabalham nem a metade que esses trabalham. A solução para resolver essa greve é o governo editar uma MP, acabando com a exigência de nível superior para ser Agente de Polícia, pois na prática não precisam ser formados em nada mesmo.

DEPLORÁVEL é ver os agentes de polícia federal ...

Dakhir Tazmini ()

DEPLORÁVEL é ver os agentes de polícia federal (muitos dos quais, apesar do que dizem, NÃO POSSUEM CURSO SUPERIOR), querer ganhar o mesmo que os Delegados, ao tempo em que não trabalham nem a metade que esses trabalham. A solução para resolver essa greve é o governo editar uma MP, acabando com a exigência de nível superior para ser Agente de Polícia, pois na prática não precisam ser formados em nada mesmo.

DEPLORÁVEL

Dakhir Tazmini ()

DEPLORÁVEL

Ao contrario do que imagina a população de mane...

Marcelo (Servidor da Secretaria de Segurança Pública)

Ao contrario do que imagina a população de maneira geral, a situação atual do Departamento envergonha a quem ali trabalha, e as operações bem sucedidas devem-se exclusivamente ao fruto da abnegação dos policiais federais, que mesmo não recebendo proventos de nivel superior, e mesmo sem aumento ha 8 anos, ainda tentam construir uma sociedade melhor. a polícia federal somos nós!

Comentar

Comentários encerrados em 6/04/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.