Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Operação Pandora

Ex-presidente da Câmara de São Paulo é preso por extorsão

O ex-presidente da Câmara de São Paulo e agora vereador Armando Mellão foi preso, na manhã desta sexta-feira (19/3), acusado de extorsão. Com o político, que estava em um flat de São Paulo, a Polícia Federal apreendeu R$ 50 mil em dinheiro e R$ 550 mil em cheques.

Mellão teria usado os nomes do relator da CPI do Banestado, José Mentor, do senador Antero Paes de Barros (PSDBMT) e do deputado federal, Rodrigo Maia (PFL-RJ) para extorquir empresários e doleiros. Ele exigia dinheiro para que as empresas não fossem investigadas pela Comissão Parlamentar de Inquérito.

Segundo apurado pela Operação Pandora da Polícia Federal, Mellão pretendia arrecadar com o golpe US$ 2,4 milhões. As investigações foram solicitadas pelo deputado federal e relator da CPI do Banestado, José Mentor, e duraram 40 dias.

Fonte: Terra

Revista Consultor Jurídico, 19 de março de 2004, 13h52

Comentários de leitores

1 comentário

Isso é uma vergonha,uma pessoa que devia fazer ...

Dorivan Maia ()

Isso é uma vergonha,uma pessoa que devia fazer e cumprir a lei ficar desobedecendo deste jeito.

Comentários encerrados em 27/03/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.