Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

De olho

Briga de advogados que acabou em tiros em GO será apurada pela OAB

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil abriu nesta terça-feira (9/3) procedimento disciplinar para apurar denúncia contra o conselheiro federal por Goiás, Thales José Jayme, a pedido da seccional daquele Estado.

Thales foi atingido por um tiro na perna na última sexta-feira (5/3), disparado pelo advogado Gentil Goularte, contra o qual representara no Tribunal de Ética e Disciplina da OAB goiana. Segundo a representação enviada ao Conselho Federal, Thales foi quem iniciou o tumulto, agredindo verbal e fisicamente Goularte, que revidou com o tiro depois de escapar às agressões, durante depoimento na sala do Tribunal.

O presidente nacional da entidade, Roberto Busato, ao anunciar a abertura do procedimento disciplinar para investigar o caso, disse que ao longo do dia vai anunciar um relator para o processo.

Lamentando profundamente o episódio envolvendo os dois advogados, ele afirmou que a OAB, ao acolher a representação da seccional da entidade em Goiás, "quer dar uma resposta imediata ao problema, tendo em vista inclusive as posições que historicamente defendeu pela ética e contra a impunidade".

Busato informou também que o autor do disparo, Gentil Goularte - que mirou Thales José Jayme no peito, com uma pistola 357, e só o acertou a perna porque o advogado Murilo Macedo Lobo bateu em seu braço - está preso em Goiânia. (OAB)

Revista Consultor Jurídico, 9 de março de 2004, 12h28

Comentários de leitores

7 comentários

Já estou fazendo um crediário para a compra de ...

Fróes (Advogado Autônomo)

Já estou fazendo um crediário para a compra de um caixão. A coisa está ficando preta.Creio que a próxima matéria a ser inserida nos cursos jurídicos, será certamente a de tiro ao alvo, com pistola revólver.

É lamentável o ocorrido! Pela graça de Deus ...

Advogado de Guarulhos-SP (Advogado Autônomo)

É lamentável o ocorrido! Pela graça de Deus o estrago não foi ainda maior!

Oh, Senhor, dê sabedoria aos simples. Dê a sabe...

João Marcos Mayer (Advogado Assalariado - Ambiental)

Oh, Senhor, dê sabedoria aos simples. Dê a sabedoria de Salomão a quem vai decidir.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 17/03/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.