Consultor Jurídico

Comentários de leitores

4 comentários

CLAUDIO MARTINS DE AMORIM{MOTORISTA } 16/04/200...

Claudio Martins de Amorim ()

CLAUDIO MARTINS DE AMORIM{MOTORISTA } 16/04/2004 Escrevo para os queridos leitores para saber se no meu caso cabe indenisação , pois no meu caso tive meus documentos todos clonados ,incluindo CPF,RG CNH,TITULO DE ELEITOR ,tive minha CNH cancelada ,meu nome incluido no spc ,tudo isso começou em 1999 quando fui tira um atestado de antecedente criminal para adimissão ,quase fui preso ,ate provar que eu era eu mesmo. POR esse motivo pesso que me diguem quem eu posso pedir indenisação por danos morais.obs:claudiom.amorim@bol.com.br.

Se a Autora tomou conhecimento de que seu CPF e...

Carlos Alberto Rodrigues Carvalho ()

Se a Autora tomou conhecimento de que seu CPF estava no referido cadastro de proteção ao crédito, signifca dizer que a mesma sofreu algum tipo de lesão. Fato que deve ser indenizado, visto não ter dado azo a tal situação. Todavia, penso que a indenização no patamar de R$ 14.000,00, apenas seria viável se o dano comportasse tal valor.

Com as mmaiores venias ao ilustre prolator da r...

Luiz Roberto de Carvalho Valente de Barros ()

Com as mmaiores venias ao ilustre prolator da r. decisão mencionada na notícia, é de ver-se que, realmente, o nobre magistrado monocrático não se ateve, como deve ser aos profissionais da judicatura, ao comando maior inserto no artigo37, §6º, da Carta Politica, norma cogente de aplicação imediata, razão pela qual entendo deva ser a mencionada sentença reformada por parte das instâncias revisoras.

Entendo, “data vênia” que casos como esse quand...

Flavio Correa Rochao (Advogado Autônomo - Família)

Entendo, “data vênia” que casos como esse quando assim são julgados e não sendo analisados, todo o contexto o mais ainda, a colocação do julgador no lugar da vítima. Ora, seja pelo Nº do CPF ou NOME, acredito que a Autora teve não só prejuízo como ainda, seu constrangimento. O CPF é um documento FEDERAL, ou seja, deveria ser de forma que impossibilitasse qualquer fraude (clonagem uma delas). O EMPRESÁRIO, no presente caso AGU ao solicitar como tantos outros os documentos (R.G., CPF, carteira de trabalho, etc.) é para ser feito o cadastro, conseqüentemente levantamento daquelas informações ali constantes. Logo, não tomando as medidas necessárias, até porque, hoje pela Internet pode se ter todas essas confirmações. Esse desabafo tem muito haver com atitudes de alguns juízes que nunca tiveram problemas semelhantes (humilhação), porém estão sujeitos como também pessoas próximas. Por fim, todo julgador além de aplicar o direito ao caso concreto, no meu entender, respeitando sempre opinião contrária, deveria colocar-se no lugar daquela pessoa (vitima), salvo engano deste cidadão, as decisões na maioria das vezes seriam diferentes.OBRIGADO.

Comentar

Comentários encerrados em 17/03/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.