Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Homicídio qualificado

Homem é condenado a 17 anos por matar a mulher e a sogra

Em julgamento encerrado na madrugada de sexta-feira (5/3), o Tribunal do Juri de Florianópolis, Santa Catarina, condenou o vendedor Vicente Lemes a 17 anos de reclusão pela prática de duplo homicídio qualificado.

O réu assassinou sua mulher, Aparecida Cristina Vidal, e sua sogra, Maria Zélia Vidal, na noite de 13 de janeiro de 2002, na residência da família, localizada em São João do Rio Vermelho, zona rural da cidade.

Aparecida foi morta com duas facadas na cozinha da residência e Maria Zélia, a sogra, foi atacada em frente à casa e atingida por 16 golpes de faca. Os advogados Cláudio Gastão da Rosa e Cláudio Gastão da Rosa Filho atuaram na defesa de Vicente.

Os trabalhos de acusação estiveram sob responsabilidade da Promotora Regina Kurchus. O Juri foi presidido pela Juíza Naiara Brancher Duarte Cardoso. (TJ-SC)

Revista Consultor Jurídico, 8 de março de 2004, 13h36

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 16/03/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.