Consultor Jurídico

Notícias

Direitos cassados

STJ mantém condenação de ex-prefeito de Paulínia por improbidade

Comentários de leitores

6 comentários

PROPAGANDA___sera!..sera!...que eles (populaçao...

Pronto ()

PROPAGANDA___sera!..sera!...que eles (populaçao) vâo notar se tiver outro da mesma fraçâo, onde abono ganha voto... AI vai fora chega de roubar, vamos mudar.........

Judiação.....Observador Paulinia deve ser outro...

Fora Moura ()

Judiação.....Observador Paulinia deve ser outro puxa saco do prefeito - se não for o próprio. Só para lembrar....essa obra que vc disse de alta qualidade....superfaturada....não está servindo pra nada.... O show da Ivete...que custou na realidade R$ 180.000,00, foi desembolsado R$ 550.000,00 da prefeitura....agora a diferença só a corja sabe onde foi parar.... Quanto às lojas do shopping, infelizmente o povo de Paulínia não terá acesso, visto que a corja está dando preferência para pessoas de outras cidades.... É lamentável, mas quem ri por último, ri melhor....Espere só a decisão da justiça....Aliás, hoje tem julgamento.....hehehe Abraços!!

Não entendo muito as questões jurídicas...mas a...

Observador Paulinia ()

Não entendo muito as questões jurídicas...mas ao ler o comentado pela revista consultor jurídico, faço o seguinte comentário. Quando uma pessoa vai se defender em virtude de ações destinadas ao homem fpísico que ocupa cargo público, como não se pode pagar com dinheiro público se o que está sendo executado, reclamado ajuizado, etc é uma pessoa pública ?^Como entender que haveria de ser pago com verbas pessoais ?! No meu entender se assim o fosse, seria muito fácil, no mínimo atrapaçhar e muito um mandato executivo pois imaginem os custaos de tantas ações que qualquer cidadão, partido ou interessados podem abris contra uma pessoa (fisica) que ocupa cargos e terioa que com sua verba pessoal, se defender com custos altíssimos...não é contraditório querer que alguém que receba 10.000 reais ao mês que paguem custas astronômicas para se defender sobre o cargo que ocupa ?! QUANTO AO COMENTÁRIO DE QUEM ASSINE FORA MOURA... nÃO DÁ PRA RESISTIR...MAS ESCREVEU SEU COMENTÁRIO EXATAMENTE UM DIA ANTES DA INAUGURAÇÃO DE UMA OBRA DA MAIS ALTA QUALIDADE JÁ FEITA EM PAULÍNIA QUE MERECIDAMENTE SEU POVO MERECE. QUANTO AOS COMENTÁRIOS QUE COLOCOU, CARO AMIGO "FORA MOURA" SÓ SE VOCES ABRIREM CENTANAS DE AÇÕES CONTRA ELE E ELE TIVER QUE TIRAR DINHEIRO DO PRÓPRIO BOLSO PARA PAGAR... SE CONTIONUAREM A IMPLICAR COM AS AÇÕES DELE COMO PREFEITO E TER QUE SE DEFENDER...CAPAZ DE ACABAR DANDO CERTO ESTA TÁTICA... SÓ ASSIM PARA FAZER FORA MOURA... APROVEITE E FAÇA SUA INSCRIÇÃO PARA CONSEGUIR UMA LOJINHA NO SHOPPING PAULINIA... ASSIM VC SE ACALÇMA..SEU PROBLEMA É ...ACHO EU...MEIO QUE DE PERDEDOR... UM POUCO DE INVESA DE UM BAIANO ARRETADO...ISSO SIM...

Lamentavel.....não deu em nada..... O prefeito...

Fora Moura ()

Lamentavel.....não deu em nada..... O prefeito continua sua saga na cidade de Paulinia roubando cada vez mais...e ninguem faz nada..... Quantas coisas piorres virão? E a piramide? E as obras superfaturadas? Ninguem consegue ver? Ou todo mundo é comprado por esse ser baiano que veio pra Paulinia para se enriquecer e comprar todo mundo? O Brasil realmente é uma falta de vergonha, onde todo mundo vive sendo comprado por essas pessoas. Não existe no Brasil de hoje uma autoridade capaz de punir alguem, se receber em troca propinas....aliás, todos os advogados são comprados...não existe ética....É uma pena...o povo sofre...e ninguem faz nada.

Quero lembrar o amigo de Brasília, que este fa...

Antonio Castro Alves (Prestador de Serviço)

Quero lembrar o amigo de Brasília, que este fato apenas revela parte daquilo que supostamente existe encoberto. Se o amigo conhece Paulínia, veria que Brasilia, nesses casos que ele se refere é muito pequena.

Recentemente acompanhamos o julgamento do gover...

Marcos Jorge Rodrigues dos Santos (Policial Militar)

Recentemente acompanhamos o julgamento do governador de Brasília, que após o contraditório e ampla defesa, o TSE entendeu que de acordo com as provas apresentadas houveram indícios e não crimes. Ora como pode R$ 160.000,00 gerar improbidade administrativa e os milhões de acordo com os noticiários que foram desviados na campanha política ficarem impunes. Acredito ter escolhido o curso que me identifiquei mas os conchavos políticos e que esmorecem a caminhada pela função social do direito.

Comentar

Comentários encerrados em 6/07/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.