Consultor Jurídico

Notícias

A volta da cobra

Dois policiais federais são presos na segunda fase da Anaconda

Comentários de leitores

11 comentários

Quando cada um cumpre o seu dever, o resultado ...

Xerife (Delegado de Polícia Estadual)

Quando cada um cumpre o seu dever, o resultado não pode ser outro: a sociedade sai vitoriosa. Para quem não sabe, Polícia sempre existiu. Não é a toa que seu nome tem radical POLIS que quer dizer CIDADE. É o órgão incumbido de zelar pela segurança da cidade e dos cidadãos. Com o passar dos séculos o papel da polícia foi empurrado ao viés opressor. A nível de controle externo não há qualquer outro órgão mais controlado do que a polícia: 1- opinião pública; 2- mídia; 3- ouvidorias; 4- inspetorias; 5- corregedorias internas; 6- coordenadorias regionais; 7- MP; 8- Juiz; 9- OAB; 10- comissões parlamentares; 11- Autoridade Policial. Não há outro órgão com coragem suficiente de publicar mensalmente quantitativo de membros que foram punidos e até demitidos. Isto se chama TRANSPARÊNCIA. É necessário REDISCUTIR O PAPEL DA MÍDIA EM SUA FUNÇÃO CONSTITUCIONAL DE PRESTAR INFORMAÇÃO E NAO DIFUSORA DA IDEOLOGIA DO TERROR E DAS INSTÂNCIAS IMAGÉTICAS DO PODER MARGINAL PARALELO. É necessário que os profissionais da imprensa tenham mais consciência do seu papel (relevante) na segurança pública. Se a polícia civil é ineficiente, não é ela por sí só; ela só atua com aquilo que lhe deram, naquilo que lhe permitiram, da forma que aprendeu. Ao invés de se perder tempo, papel, encontros, passeatas, atos públicos para criticar ou canibalizar atribuições constitucionais, é necessário dotar a polícia civil de instrumental jurídico eficiente, agil e moderno; que corresponda aos anseios gerais de produzir uma estrutura probatória firme, com material investigatório de boa qualidade, para que, sobre ela, a ação penal possa repousar a pretensão punitiva do Estado e, este, possa ter elementos democráticos para aplicar e executar a punição dos infratores da lei. É necessário dotar a Autoridade Policial de prerrogativas funcionais mínimas, mas que lhe assegure independência, segurança, estipêndio compatível, e a possibilidade de influir coletivamente na escolha governamental do comando institucional ; elastecer suas atribuições com vistas a exercer poder conciliatório, poder requisitório, acesso direto a informações privilegiadas. É necessário UNIFICAR AS POLÍCIAS, criando uma FORÇA POLICIAL única, paramilitarizada. Municipalizar a segurança pública, definindo áreas para atuação da força estadual e da força municipal. Estabelecer LEI ORGÃNICA NACIONAL DA POLÍCIA CIVIL. Só assim teremos uma instituição saudável, legalista e forte. Uma instituição mais proxima da Polícia que se deseja.

Simplesmente, a casa caiu !!!

Fábio Vieira Larosa (Advogado Autônomo - Criminal)

Simplesmente, a casa caiu !!!

Concordo inteiramente com a leitora Helena. Ai...

Marco A. Oliveira ()

Concordo inteiramente com a leitora Helena. Ainda que se tente tapar o sol com a peneira (nestes tempos em que os "contrários" ao MP buscam enaltecer o trabalho da polícia - tão criticada em nossos processos), o fato é que a corrupção policial é um problema a ser resolvida, inclusive pela ATUAÇÃO DOS BONS POLICIAIS, como foi o exemplo neste caso, em atuação conjunta com o MP e Judiciário. O Brasil não precisa de corporativismo e preconceito contra qualquer instituição. Precisamos que todos trabalhem, ainda mais, pelo bem do Brasil. A sociedade, que paga o salário de todos, assim EXIGE.

Sr. Marcelo, O senhor está muito mal informado...

Helena Souto Maior ()

Sr. Marcelo, O senhor está muito mal informado, pois o noticiário recente mostrou que existem vários juízes presos (lalau, rocha matos). E o que vi na televisão é que a prisão não foi em flagrante da polícia mas sim por ordem judicial a pedido do ministerio público. A polícia quando cumpre ordem judicial não está agindo por decisão própria mas sim porque o juiz mandou. O que sou contra é uma instituição querer excluir a outra, acho que devem atuar juntos, o Brasil ganha mais.

Magnífico e brilhante o trabalho que a PF v...

Pedro Luiz Soler Ascêncio ()

Magnífico e brilhante o trabalho que a PF vem desenvolvendo com o fito de extirpar de seus quadros agentes que denigrem a imagem da instituição, a revelar que, esta permanece diligente e implacável na defesa da preservação de organização séria que tem sido ao longo do tempo.

Sra. Helena, mais dois policiais presos sim. E...

Marcelo (Servidor da Secretaria de Segurança Pública)

Sra. Helena, mais dois policiais presos sim. E por quem? Pela propria instituição. Agora me responda por favor: quantos juizes e quantos promotores/procuradores presos por investigações de outras instituições investigadoras???????? Nenhum não é mesmo?

Sabemos que a corrupção em nosso país é Institu...

Antônio Carlos de Lima ()

Sabemos que a corrupção em nosso país é Institucionalizada. Existe em qualquer setor público. A Polícia Federal, pelo menos, extirpa de seu meio seus agentes corruptos. E os outros Órgãos, que por corporativismo fazem é "varrer por debaixo do tapete"...

Mais dois policiais federais presos... e depois...

Helena Souto Maior ()

Mais dois policiais federais presos... e depois a polícia quer exclusividade nas investigações. Por quê as Instituições não se unem, aos invés de ficar brigando e querer EXCLUIR a outra ? Espero que o Supremo julgue com sabedoria mantendo o poder de investigação do Ministério Público brasileiro que tem honrado a sociedade com seu trabalho sério.

É também disseram que essa cobra era de vidro!!...

Candeeiro (Advogado Autônomo)

É também disseram que essa cobra era de vidro!!!!!!!!

Se esta é uma outra etapa da operação anaconda,...

Silvia F. Tomacchini ()

Se esta é uma outra etapa da operação anaconda, Deus queira que não seja uma repetição dos absurdos verificados na primeira, em que uma pessoa morta e inocentes foram incriminados injustamente, apenas com base em grampos telefônicos, conforme revelou a revista Istoé e os próprios policiais acabaram admitindo. O caso da anaconda I demonstra, mais do que nunca, que o princípio da presunção de inocência deve ser respeitado irrestritamente por todos aqueles que têm um mínimo de senso de Justiça e respeito pelos direitos civis (alheios).

E ainda disseram que a cobra é cega! Com a pal...

Marco A. Oliveira ()

E ainda disseram que a cobra é cega! Com a palavra, os "críticos" da Operação Anaconda que, vira e mexe, manifestam-se neste espaço. Parabéns a PF pela correta atuação, neste caso,"cortando" na própria carne, como se diz, sem o menor vestígio de corporativismo que alguns de seus membros manifestam, de vez em quando.

Comentar

Comentários encerrados em 1/07/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.