Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Bola na trave

TRE paulista nega direito de resposta a Paulo Maluf em jornais

Estão reformadas as sentenças de primeira instância que concediam, parcialmente, direito de reposta ao candidato à prefeitura paulista, Paulo Maluf, nos jornais "O Estado de S. Paulo" e "Jornal da Tarde".

A decisão é do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, em sessão que aconteceu nesta quinta-feira (29/7). Ainda cabe recurso.

O Tribunal entendeu que não houve ofensa nas matérias publicadas em 17 e 20 de julho, respectivamente, sobre a presença do candidato na CTI do Hospital e Maternidade Voluntários.

Maluf havia conseguido direito parcial de resposta nos jornais em sentenças concedidas pelos juízes da 1ª Zona Eleitoral, Galdino Toledo Júnior e Roberto Maia Filho.

O direito de resposta foi suspenso, na semana passada, para julgar os recursos impetrados pelos jornais contra as sentenças que concederam as respostas. Julgou os recursos o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo.

Revista Consultor Jurídico, 29 de julho de 2004, 20h40

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/08/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.