Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Acervo permanente

Advogados cearenses ganham Memorial em Seccional

A OAB do Ceará terá agora um Memorial. O objetivo é organizar todos os documentos importantes do Museu Histórico da OAB-CE e facilitar a pesquisa dos profissionais da região.

Nesta segunda-feira (26/7), a coordenadora do Projeto Memória da Seccional e conselheria estudal, Manoela Valença Queiroz, visitará as dependências do Museu Histórico, localizado no prédio do Conselho Federal.

O Projeto Memória quer recuperar a história por meio de duas linhas de pesquisa: remontando inicialmente a Ouvidoria-Mor e catalogando a história da OAB-CE como instituição, hoje com 71 anos. "Faremos também entrevistas com advogados veteranos, com os que já presidiram a Seccional e com os profissionais que receberam o título de advogado-padrão", afirma a coordenadora do projeto.

A meta principal do Projeto Memória é inaugurar o Memorial da OAB do Ceará num prédio de valor histórico no centro de Fortaleza, seguindo o projeto do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

"A idéia é criar um museu que seja bem equipado, bem iluminado e que torne disponível essa documentação histórica, totalmente catalogada", afirmou Manoela. Segundo a OAB do estado, o projeto já conta com o trabalho de um pesquisador indicado pelo curso de História da Universidade Federal do Ceará.

O pré-lançamento do Memorial está programado para o dia 11 de agosto, como parte das comemorações do Dia do Advogado. Na ocasião, será feita uma breve apresentação do projeto do Museu à Advocacia, inclusive com parte dos documentos que constarão do acervo permanente.

Revista Consultor Jurídico, 23 de julho de 2004, 11h57

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 31/07/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.