Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Balanço ético

Advogados são punidos por não prestar contas a clientes

Quatro advogados foram expulsos dos quadros da OAB no primeiro semestre deste ano. Outros 16 receberam sanções que variam de um mês a um ano de suspensão do direito de exercer a profissão e 25 foram punidos por não prestar contas a seus clientes.

Os números são da Segunda Câmara do Conselho Federal da OAB, que julgou, neste ano, 91 processos de cunho ético-disciplinar contra atos praticados por advogados. Todos foram punidos por violar as regras do Estatuto da OAB e da Advocacia (Lei 8.906/94).

De 2 fevereiro de 2004, quando foi feita a primeira reunião da Câmara, até 14 de junho último, foram incluídos em pauta 120 processos. No total, a Segunda Câmara fez sete sessões de julgamento.

Segundo o presidente da Câmara e secretário-geral adjunto da OAB, Ercílio Bezerra de Castro Filho, a divulgação dos dados tem como objetivo imprimir transparência aos processos relacionados a eventuais falhas disciplinares e violação da conduta ética do profissional.

Os nomes dos advogados suspensos ou punidos não podem ser divulgados porque os processos de cunho disciplinar tramitam em sigilo até o seu término. Têm acesso às informações as partes envolvidas, seus defensores e a autoridade judiciária competente.

Revista Consultor Jurídico, 19 de julho de 2004, 10h35

Comentários de leitores

5 comentários

Parabéns à OAB. Adogados éticos e que respeitam...

Paulo Márcio da Silva ()

Parabéns à OAB. Adogados éticos e que respeitam seus clientes sentem-se agredidos ao ver maus colegas prosperarem a passos largos, não porque são competentes e mais dedicados, mas porque lucram de forma espúria, apoderando-se do alheio. A melhor esperteza é a prática da honestidade, mesmo que os frutos somente possam ser colhidos quando os cabelos já estiverem prateados.

Na medida em que combatemos a estrutura caótica...

Antonio da Costa (Advogado Autônomo - Tributária)

Na medida em que combatemos a estrutura caótica do Poder Judiciário e sentenças exdrúxulas, emandas por juizes, no mínimo negligentes, nada mais justo que tentarmos também arrumarmos nossa casa. Só assim poderemos cobrar dos outros poderes idêntica ação. Esta de parabéns a OAB pela atitude tomada.

A OAB está de parabéns. Penso q também é impota...

Flavia Pimenta (Advogado Autônomo)

A OAB está de parabéns. Penso q também é impotante a valorização de nossa profissão, porque existem profissinais empenhados em fazer uma advocacia com ética.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 27/07/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.