Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Prova de fogo

Exame de Ordem em Goiás aprova menos de 20% dos candidatos

O resultado do Exame de Ordem aplicado pela OAB de Goiás registrou 17,91% de candidatos aprovados. “É o menor índice dos últimos anos”, afirmou Miguel Ângelo Cançado, presidente da OAB de Goiás. Foram inscritos 865 bacharéis. Do total, 73,07% (632 alunos) foram reprovados e 4,5% faltaram no dia da prova.

Segundo dados da OAB, o resultado foi pior do que o das provas feitas em dezembro de 2003 -- dos 999 bacharéis em Direito que fizeram a prova, 24,32% foram aprovados.

Para o presidente da OAB-GO, os números indicam a baixa qualidade dos cursos de Direito em funcionamento no Estado. “Por isso o Conselho Federal da OAB está firmando com o MEC um protocolo com critérios específicos para funcionamento, autorização para a abertura de cursos e fiscalização dos já existentes”, disse Miguel Cançado.

O Exame de Ordem é aplicado para verificar se o bacharel em Direito tem condições mínimas para exercer a profissão de advogado. Em Goiás, as provas são aplicadas nos meses de março, agosto e dezembro.

O Estatuto da Advocacia e da Ordem dos Advogados do Brasil (Lei nº 8.906/94) prevê, no artigo 8º, inciso IV, a necessidade da realização do Exame de Ordem para inscrição no quadro da advocacia. O Conselho Federal baixou o Provimento de número 81/96, que estabelece normas e diretrizes para a realização do Exame.

Confira o índice de reprovação em dez estados brasileiros

OAB-MT - 79% reprovados

OAB-BA - 45,23% reprovados

OAB-AM - 61% reprovados

OAB-SC - 87,23% reprovados

OAB-RN - 69% reprovados

OAB-PR - 86% reprovados

OAB-TO - 79% reprovados

OAB-PA - 70% reprovados

OAB-GO - 73,07% reprovados

OAB-DF - 57,47% reprovados

Revista Consultor Jurídico, 12 de julho de 2004, 12h10

Comentários de leitores

2 comentários

EXAME DA OAB SEJA MAIS UM APROVADO ...

Carlos (Advogado Sócio de Escritório)

EXAME DA OAB SEJA MAIS UM APROVADO O Exame da OAB está cada vez mais difícil. Na verdade, não só o exame, como os concursos públicos também. Quem não se preparar para valer não consegue a aprovação. Parece que agora o CESPE irá elaborar os Exames da OAB. Isso faz com que as provas fiquem ainda mais difíceis. Não adianta ficar reclamando, dizendo que está difícil o Exame ou querendo desistir. Esse não é o caminho. Só não passa quem desiste. Se outros passaram, você é capaz também, mesmo que demore um pouco mais. É necessário estudar muito e ter um bom material para os seus estudos, e isso nós temos. CD-ROM com milhares de questões resolvidas de diversos Exames da OAB, 1ª, 2ª fase e peças processuais. Dicas, macetes e muito mais!!! Contate-nos para maiores informações: Carlos Rodrigues Tel.: (11) 8139.4074 – 3863.9780 e.mail: berodriguess@ig.com.br

O Exame de Ordem na forma como é aplicado hoje...

Delmon João Silva (Funcionário público)

O Exame de Ordem na forma como é aplicado hoje, foi instittuído através do provimento 8.906/94. Até então quem se formava em direito exercia diretamente a profissão de advogado,alguns sem prestar qualquer tipo de avaliação, adquirindo conhecimentos através da prática constante dos diversos institutos. Gostaria que o exame nos moldes em que aplicado hoje, fosse exigido desses senhores que aprenderam certamente tudo na faculdade, e que hoje propagandeiam sobre a qualidades dos atuais cursos, para vermos qual seria o índice de aprovação. Que curiosidade tenho em ver estes números.

Comentários encerrados em 20/07/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.