Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Banco dos réus

Muçulmano é condenado por ensinar a espancar mulheres

Um tribunal na Espanha condenou um clérigo muçulmano a 15 meses de prisão por ter escrito um livro em que dá conselhos aos homens sobre como espancar suas esposas sem deixar hematomas. A informação é da BBC.

Mohamed Kamal Mustafa, no entanto, deve permanecer em liberdade, pois a lei espanhola prevê que sentenças de menos de dois anos de prisão sejam automaticamente suspensas para réus primários.

Em sua defesa, Mustafa afirmou que estava simplesmente interpretando passagens do Alcorão, o livro sagrado muçulmano.

Ainda de acordo com a BBC, o livro, que causou indignação entre grupos de defesa dos direitos das mulheres, foi publicado há três anos. Em 2000, ativistas de direitos humanos conseguiram na Justiça que exemplares da publicação fossem retirados das prateleiras de centros culturais islâmicos na Espanha.

Revista Consultor Jurídico, 14 de janeiro de 2004, 16h33

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/01/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.