Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Respostas por telefone

Telejudiciário chega a quase 18 milhões de atendimentos

Quase 18 milhões de pessoas foram atendidas entre julho de 1994 e dezembro de 2003 pelo Departamento Telejudiciário -- um sistema informatizado para responder, de forma rápida, às solicitações dos jurisdicionados sobre questões jurídico-administrativas. Somente no ano passado foram 851.723 atendimentos, com exceção do mês de julho, em que houve problemas técnicos.

O relatório de atividades produzido pelo Departamento Telejudiciário mostra, ainda, que em 2003 foram registradas por telefone a média diária de 3.072 chamadas recebidas, 2.262 chamadas respondidas e 224 desistências.

Quanto ao item distribuição por assuntos, a estatística revela que no ano passado as questões sobre processos de 1º grau alcançaram a primeira colocação, com 71,28%. Em segundo lugar, estão perguntas sobre localização de salas, 13,93%. As demais consultas foram sobre processos de 2º grau (6,55%), endereços de órgãos (3,31%), localização de pessoas (1,85%), composição e funcionamento dos órgãos do Poder Judiciário (1,54%), outras bases (0,57%), assuntos cíveis e criminais (0,50%) e processos administrativos, com 0,43%.

Goiás foi o Estado que mais usou o benefício, com 5.732 solicitações, totalizando 51,66%. Em seguida, estão Rio Grande do Sul,1.618 (14,58%), Distrito Federal, 1.612 (14,53%), São Paulo, 746 (6,72%) e, Rio de Janeiro, com 230 pedidos (2,07%).

De acordo com o documento, de 2001 a 2003, o item agilização no andamento de processos foi o campeão de reclamações por parte dos usuários do Telejudiciário, com 68,64%. Com 17,10% das reclamações, o mau atendimento/funcionamento de cartório figurou em 2º lugar, seguido de informações processuais incompletas (8,35%) e processos com andamento desatualizado (5,82). (TJ-GO)

Revista Consultor Jurídico, 9 de janeiro de 2004, 11h57

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 17/01/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.