Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fim dos descontos

Redução de impostos em município catarinense é inconstitucional

O Pleno do Tribunal de Justiça de Santa Catarina declarou inconstitucional a lei 4.670, aprovada pela Câmara Municipal em 2000. O diploma legal concedia descontos no pagamento de vários impostos municipais - entre eles IPTU e ISS.

A lei reduziu a base de cálculo e alíquotas que incidiam sobre os cálculos dos impostos municipais. A base de cálculo do IPTU, por exemplo, foi reduzida de 80% para 60%, enquanto o Imposto Sobre Serviços (ISS), em alguns casos, chegou a registrar redução de até 75%.

O relator da ação, desembargador Sérgio Paladino, considerou a lei inconstitucional por não trazer em seu bojo medidas compensatórias capazes de equilibrar o orçamento municipal e minorar a inevitável queda de receita.

Além disso, acrescentou, a lei - que alterou o Código Tributário Municipal - também deveria apresentar estimativa sobre seu efeito na receita do município. A ação direta de inconstitucionalidade foi proposta pelo diretório municipal do PMDB. A decisão foi unânime. (TJ-SC)

Revista Consultor Jurídico, 20 de fevereiro de 2004, 17h31

Comentários de leitores

1 comentário

A notícia não traz a informação, mas conforme c...

Marcondes Witt (Auditor Fiscal)

A notícia não traz a informação, mas conforme consta do site do TJ/SC, se trata do município de São Miguel do Oeste.

Comentários encerrados em 28/02/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.