Consultor Jurídico

Sexta-feira, 20 de fevereiro.

Primeira Leitura: escândalo causou danos irreversíveis ao governo.

Retornar ao texto

Comentários de leitores

6 comentários

Nada mais precisa ser dito. Maria Lima Maciel d...

Ana Maria ()

Nada mais precisa ser dito. Maria Lima Maciel disse tudo.

Peço licença a Sthepen Kanits, administrador po...

Alexandre Lawrence de Moura Dias ()

Peço licença a Sthepen Kanits, administrador por Harvard (www.kanitz.com.br) para trazer ao conhecimento de alphalux, valdecir e Gesiel que expuseram suas convicções políticas neste espaço democrático, um tema sonegado convenientemente pela grande mídia e publicado na revista Veja, 14.01.04, fls 24, que certamente lhes permitirá refletir sobre a conveniência ou não de reavaliar o "preconceito" demonstrado para com o Presidente Lula e membros de sua administração, até porque, não há maneira mais democrática de se tratar comparativamente os temas abordados quando o assunto é coerentemente debatido. Vejamos: "Vocês que estão com medo de um calote ou espalhando por aí que o calote é inevitável esquecem que o governo Lula pagou nada menos que 9% da dívida interna em 2003. Neste ritmo, em dez anos a dívida acaba, mas isso não vira notícia." Ora caros amigos, esta notícia é importantíssima e somada a diversas ações de governo tomadas no interesse direto da sociedade pelo Presidente Lula e por "pessoas sem cultura" que integram seu governo, aliás devidamente reconhecidas por diversos organismos internacionais, devem ser "digeridas" e na medida do possível debatidas e expandidas na sociedade, prociciando conhecimento pleno da realidade nacional e, em conseqüência do domínio das matérias de interesse coletivo, propiciar o aprimoramento de nossas instituições de forma democrática. Em contacto com a notícia não basta apenas exprimir nossas convicções de modo açodado e simplista, é preciso primeiro conhecer a fundo o tema, posto que, embora democrático o espaço, estas manifestações tendem a confundir o internauta menos atento, aquele "sem cultura", aliás, sabiamente referido neste espaço pelo Dr. Antônio Marcos de Paulo. Neste momento importante que a economia nacional vive, com possibilidades reais de recuperação do crescimento econômico, geração e melhor distribuição de renda, propiciadas pelo trabalho incansável destas pessoas "sem cultura", é importante a união de todos os brasileiros "do bem" em torno deste projeto, atuando contra todas as forças retrógradas que insistem em negar o que é visível para todos os organismos internacionais que se manifestam diariamente sobre a correção da direção implementada pelo Governo Lula. Somos um país de pessoas em busca de aprimoramento cultural, e isto incomoda àqueles encastelados no alto de sua irresponsável atitude de jogar pedras no telhado alheio, sem se aperceber que o seu pode ser a próxima vítima. DIGNIDADE JÁ!

QUANDO SE PERDE A ALMA CLÓVIS ROSSI Quand...

Maria Lima (Advogado Autônomo)

QUANDO SE PERDE A ALMA CLÓVIS ROSSI Quando se perde a alma PARIS - Quando você chama Orestes Quércia de ladrão de carrinho de pipoca e depois pede e recebe o apoio dele; quando você passa a vida chamando Paulo Salim Maluf de tudo quanto é nome e depois incorpora o partido dele à sua base de apoio no Congresso; quando você inferniza o governo José Sarney e toda a herança dele, inclusive a candidatura de sua filha à Presidência, e depois o transforma em um sábio conselheiro de seu governo; quando você diz o diabo de Antonio Carlos Magalhães e depois aceita o apoio dele. Quando você ataca feroz e vigorosamente a política econômica do seu antecessor e depois pratica política idêntica; quando você sataniza toda a sua vida o Fundo Monetário Internacional e depois aplica condições (não pedidas) ainda mais draconianas para o acordo com o ex-Satã; quando você passa a vida ensinando os outros quais são as políticas sociais certas e depois não consegue fazer a política social certa, a ponto de ter que demitir, em apenas um ano, dois dos responsáveis por elas. Quando você se alia aos antigos inimigos e expulsa antigos companheiros cujo único crime foi o de continuar defendendo o que você defendia até a véspera; quando você faz campanha eleitoral prometendo mudanças e inicia o discurso de posse com uma única palavra (exatamente "mudança") e depois muda muito pouco ou nada. Quando você faz tudo isso, você rifou seus princípios, vendeu a sua história e tornou-se um ser amorfo, sem alma, sem projeto, a não ser o projeto de permanecer no poder. Enterra o orgulho pela história já vivida porque não pode permitir que investiguem a sua nova história. Nem você mesmo sabe se existe ou não "conduta irregular" de um funcionário seu, como admite agora até o seu líder no Senado, Aloizio Mercadante. Enfim, tem de jogar o jogo como quase todos jogaram antes de você. E fracassaram. Temo que seja tarde para voltar atrás e re-reescrever a história e que um filme velho e triste está sendo reencenado com novo elenco. Novo? Folha de S. Paulo, 20.02.2004

Se não bastasse a seqüência infindável de frase...

Gesiel de Souza Rodrigues ()

Se não bastasse a seqüência infindável de frases de "efeito" que o ilustre Presidente insiste em usar... o que muito me deprime... volta a carga com a história do bonê do MST. Seria cômico se não fosse trágico... Inconcebível que o mais alta mandatário do Brasil fique se portando dessa maneira. O cargo que ocupa exige respeito, formalidade e preparo. Não existe espaço para deslumbramento, pieguice e comentariozinhos engraçados. O país não pode ser conduzido dessa forma. José Dirceu não tem mais espaço no Governo. Isso é fato. A postura truculenta e insensível dessa patota (Berzoine, Palocci, Meirelles, José Dirceu, Genoino, Prof. Luizinho, Benedita) deve ser varrida para o lixo da história.

É, de fato, muito difícil acreditar que, depois...

Alphalux ()

É, de fato, muito difícil acreditar que, depois de convívio tão longo, a cúpula petista e, principalmente, o ministro José Dirceu, desconhecessem as ligações perigosas do ex-assessor Waldomiro Diniz com os contraventores da jogatina. Ainda que, por milagre, não soubessem de nada, teriam sido obrigados a perder a inocência, em julho de 2003, quando o PSDB apresentou requerimento de investigação sobre o possível envolvimento de Waldomiro com o jogo clandestino e o desvio de verbas publicitárias da Loterj durante a sua gestão. Que tipo de informações detinha Waldomiro ou que serviços prestava para convencer o PT a mantê-lo no cargo, apesar dos riscos? O que poderia ser descoberto pela CPI que o PT tenta, a todo custo, evitar? Enquanto essas perguntas não forem respondidas, o governo está sob suspeita. Todo ele. Se estivesse vivo, o saudoso Dr. Barbosa Lima Sobrinho certamente já teria solicitado o impeachment de Lula, o que já está mais do que na hora. O PT nunca me enganou e jamais votei nele, mas o povo brasileiro - que colocou um sujeito despreparado e sem cultura para ocupar o Palácio do Planalto - foi traído na maior arapuca eleitoral de que se tem notícia, desde os tempos do famigerado Collor. Se alguém , ingenuamente, achava ainda que o PT, Lula e José Dirceu tinham alguma Ética e Moralidade e , acima de tudo, coerência com o que sempre tentaram passar ao eleitorado brasileiro nestes últimos 20 anos, com esse Escândalo Waldomiro/José Dirceu, a máscara caiu. Lula, que sempre adora dizer as asneiras de sempre, dessa vez ficou calado, pq simplesmente até ele percebeu que está tudo muito claro e que é impossível justificar o injustificável. O castelo feito de barro está ruindo mais cedo do que eu esperava.

A coluna tem razão. O caso Waldomiro causou est...

Valdecir Trindade (Advogado Autônomo - Trabalhista)

A coluna tem razão. O caso Waldomiro causou estragos irreversíveis no poder. O presidente da república perdeu a autoridade que antes envergava. Prova disso é que está baixando a guarda através de pedidos de apoios a adversários (Aécio Neves), e o uso repetido do boné do MST. Talvez espere que os adversários sejam indulgente consigo e que o MST - tropa de choque - lhe dê sustentação. Entretanto é bom o presidente lembrar que quem lhe podia dar sustentação é a lei e a ética, as quais ele jogou na lata de lixo. Valdecir Carlos Trindade Advogado em Londrina/Pr

Comentar

Comentários encerrados em 28/02/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.