Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Bola fora

Eurico Miranda tem prisão decretada no Rio de Janeiro

O presidente do Vasco, Eurico Miranda, teve a prisão decretada na terça-feira (18/2) pela justiça criminal do Rio de Janeiro. Miranda faltou à audiência marcada sem dar explicações.

Miranda é acusado de crimes contra a ordem tributária e outras irregularidades praticadas em nome do clube entre os anos de 1996 e 2000.

De acordo com a Agência Estado, além do presidente do Vasco, tiveram prisão preventiva decretada dois ex-funcionários do clube: Aremithas José de Lima e Nilson Gonçalves.

O juiz mandou prender Eurico porque ele não compareceu a um interrogatório nem se justificou por sua ausência. Em seu despacho, o juiz afirmou que a falta dos acusados "revelam a indiferença para com os destinos desta ação penal, talvez porque acreditem em suas impunidades".

Revista Consultor Jurídico, 18 de fevereiro de 2004, 12h22

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/02/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.