Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Selo de qualidade

Thomaz Bastos participa de lançamento de prêmio para Judiciário

O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, estará presente em Belo Horizonte, na terça-feira (17/2), às 16 horas, para o lançamento do "1º Prêmio Innovare: o Judiciário do Século XXI", que vai contemplar iniciativas bem sucedidas de gestão na Justiça brasileira. O evento será no auditório do Anexo I do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, na Rua Goiás, 229, Centro.

Além de Thomaz Bastos, participam da solenidade o presidente do TJ-MG, desembargador Márcio Antônio Abreu Corrêa de Marins, e o presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros, Cláudio Baldino Maciel.

O prêmio Innovare foi idealizado com o objetivo de identificar e difundir práticas pioneiras que estejam contribuindo para a modernização, melhoria da qualidade e eficiência dos serviços da Justiça. Podem concorrer juízes de Tribunais de todo o país, tanto da Justiça Federal e do Trabalho quanto da Justiça Estadual ou Militar.

Iniciativas de grupos de juízes, dos Juizados Especiais e dos próprios Tribunais, que implementaram um conjunto de práticas de gestão, também poderão concorrer ao prêmio. Cada uma das quatro categorias tem premiação de R$ 50 mil e os vitoriosos ainda receberão troféus e diplomas.

O 1º Prêmio Innovare foi lançado também no Rio de Janeiro, em dezembro do ano passado, mês em que começou a vigorar o período de inscrições. Os magistrados e os Tribunais têm até 30 de abril para inscrever os projetos pelo site www.premioinnovare.com.br.

Em cada projeto serão avaliados os critérios de eficiência, celeridade, qualidade, criatividade, ineditismo, satisfação do usuário, alcance social e abrangência territorial. A premiação será em julho de 2004.

O evento é promovido pelo Ministério da Justiça, Associação dos Magistrados Brasileiros, Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas e Companhia Vale do Rio Doce, com o apoio, em Minas, do TJ-MG e da Associação dos Magistrados Mineiros. (TJ-MG)

Revista Consultor Jurídico, 12 de fevereiro de 2004, 15h49

Comentários de leitores

1 comentário

Melhor prêmio que o Executivo pode dar para o J...

Leonel Costa ()

Melhor prêmio que o Executivo pode dar para o Judiciário é o respeito e recursos financeiros para que este Poder do Estado possa desempenhar livremente sua função, inclusive de julgar atos de improbidade de agentes políticos.

Comentários encerrados em 20/02/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.