Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Réu confesso

Réu confessa em juízo homicídio de menino em Sananduva

O réu, Adriano da Silva, confirmou durante audiência no Foro de Charqueadas (RS), ter matado Daniel Lorenço Bernardi, de 13 anos, em Sananduva. Durante o interrogatório com a juíza-substituta Romani Terezinha Dalcin, revelou que primeiro imobilizou o menino, em seguida abusou sexualmente e enfim matou o garoto por estrangulamento. No primeiro depoimento, Silva contou que primeiro asfixiou a vítima e em seguida praticou o ato sexual.

A audiência foi feita em atendimento à carta precatória do juiz-substituto de Sananduva, José Luiz Leal Vieira. Foi o magistrado que decretou a prisão preventiva do acusado, que se encontra na Prisão de Alta Segurança de Charqueadas. O Ministério Público apresentou denúncia, acusando Silva por atentado violento ao pudor e homicídio triplamente qualificado. (TJ-RS)

Revista Consultor Jurídico, 10 de fevereiro de 2004, 13h03

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 18/02/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.