Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Saúde na UTI

Juiz bloqueia contas de donos da Saúde ABC por atraso no aluguel

Estão bloqueadas as contas correntes dos donos da rede Saúde ABC e da própria empresa, que na semana passada adquiriu a carteira de clientes da Interclínicas. A decisão é do juiz Carlos Henrique Abrão, da 42ª Vara Cível do Foro Central de São Paulo.

Uma dívida de R$ 352 mil referentes ao aluguel do prédio onde funciona o Hospital e Maternidade Mauá motivou o bloqueio das contas de Ricardo Silveira de Paula e Salete de Paula, proprietários da Saúde ABC. Os aluguéis não pagos são referentes aos meses de novembro e dezembro de 2003. O Hospital pertence a outra operadora de planos de saúde: a Samcil.

A Samcil não aceitou a oferta de um imóvel na cidade de Campos dos Goytacazes (RJ) apresentada pelos donos da Saúde ABC como garantia de pagamento. “[Eles] não apresentaram qualquer documento tendente a demonstrar o real valor dos bens, os quais, registre-se, se situam em comarca muito distante”, ressalta a Samcil.

Desde que a Saúde ABC anunciou a incorporação dos clientes da Interclínicas -- que sofreu intervenção na Agência Nacional de Saúde -- voltaram à tona notícias relativas a problemas financeiros enfrentados pela empresa no passado. A Saúde ABC foi criada em 1995 e, há dois anos numa operação semelhante à realizada com a Interclínicas, absorveu os clientes da Transmontano.

Revista Consultor Jurídico, 14 de dezembro de 2004, 19h07

Comentários de leitores

1 comentário

Coisas de Brasil. Uma empresa que assume a conc...

Mario Tinoco Ebuhardt ()

Coisas de Brasil. Uma empresa que assume a concorrente com um rombo de 100 milhões , não tem 352 mil para pagar aluguel.O pessoal da ANS deveria dar uma explicação para o assunto´.

Comentários encerrados em 22/12/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.